Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Luiz Felipe em 26 de julho de 2011 às 23:11:40»
ps: teoria que não descardo, mesmo sendo cetico, ainda acho que o universo não passa de uma simulação em um computador.
Deve ser por conta da equação, que deve ser balanceada, vai saber.
Tenho varios fatos:
Porque tudo na fisica é em quantums, ou em quantidades fixas de energia, por isso a fisica é quantica: deve ser por conta do processador da matrix, que trabalha com numeros inteiros, é mais eficiente. todo cientista da computação sabe disso.
Porque existe o principio de incertesa de heisberg (nem sei como se escreve), porque o processador da matrix não processa o ambiente até algum observador o observa-lo, logo não existe, se não existir observador. isso economica uma quantidade absurda de processamento. Todo programador de jogo sabe disso.
Porque um esperimento para medir com precisão incrivel a gravidade da terra falhou e somente produzium um padrão de interferencia que parece pixelado, porque é pixelado devido ao simulacro.
Por que existem fantasmas, maldições e coisas "paranormais". são bugs da matrix.
Por que jesus podia ressusitar? r: ele fazia backup oras.
Sei la, existem muitas coisas estranhas.
avatar
Luiz Felipe em 26 de julho de 2011 às 23:06:10»
So se isso for um jogo, e formos apenas bonicos do the sims.
Jr Junior em 26 de julho de 2011 às 15:51:57»
Tambem morreria com a perna presa com certeza !!!
avatar
Nessa em 25 de julho de 2011 às 10:41:40»
acho q ñ teria coragem. mas q força d vontade q ele teve.
avatar
Nana em 25 de julho de 2011 às 10:33:25»
Ah não Tyr, roer o próprio braço é demais!

História bacana para ver até onde vamos pela nossa sobrevivência!
tg em 25 de julho de 2011 às 08:55:48»
tive um colega q cortou o proprio pescoço para soltar a cabeça que estava presa, e sobreviveu!!!
Sad But True em 25 de julho de 2011 às 08:05:12»
eu assisti um filme assim, 127 hrs, o cara e alpinista e .... se alguem nao assistiu vai ficar sem graça se eu contar .... mas e isso, acontece algo parecido, nossa da agonia ver aquilo ...
avatar
Politico Honesto em 24 de julho de 2011 às 18:44:56»
Lembrou o caso de um alpinista que teve que amputar o próprio braço (o qual ficou esmagado sob uma rocha), para sobreviver.
olhosdejabuticaba. em 24 de julho de 2011 às 17:24:05»
Quase todos nós faríamos. Penso eu que na hora da necessidade, tudo muda. Hoje é impossível saber se faríamos ou o que faríamos, mas o instinto de sobrevivência que temos é incrível. Vi isso muito quando assistia 'Sobrevivi' no Discovery Channel.
avatar
DanielWaos em 24 de julho de 2011 às 15:53:21»
Eu faria o mesmo que ele sim, não sem antes chorar e passar pela minha cabeça tudo o que não poderia mais fazer sem a perna original, mas acho que ele mesmo em meio de uma situação extrema como essa ainda teve a feliz idéia de cortar abaixo do joelho o que ajuda bastante no caso da prótese. Ter de tirar um membro fora, é uma coisa horrível, mas a idéia de terminar sua vida alí caso seja de outra forma é ainda pior, e acredito que isso ajude a manter a lucidez neste momento. O ser humano se acha muito limitado sempre, mas em questões que envolvem a continuidade, a existência, ele pode ser extremamente habilidoso e criativo para continuar vivo. Tudo depende de quanto ele ama essa vida e de quanto deseja continuar...
avatar
Luna em 24 de julho de 2011 às 15:32:25»
Luiz Felipe, é exatamente isso, poderia, poderia... poderia ter acontecido varias outras situações, mas não ocorreram. O canivete, o canivete fez tudo acontecer. Entendam. E se ele fosse hemofílico?

Eu não acredito em destino. Eu quis aterrorizar as pessoas. Mas que essas coisas são estranhas e me dão medo. É assustador, tá.

Em premonição, ninguém escapava, mas lá, as pessoas morriam. Se fosse evitado num momento, logo depois a coisa acontecia. Em premonição, em um dos filmes, toda x que algo trágico estava para ocorrer, aparecia água na cena. Tá, esquece, é ficção.

Mas, o cantor Marvin Gaye comprou uma arma e deu de presente para o pai. Marvin foi assassinado pela mesma arma que ele comprou, e pelo próprio pai.

Veja bem, se tivéssemos uma filmagem de toda nossa vida, e pudéssemos voltar a fita de Marvin Gaye, o momento marcante seria o dia em que ele entrou na loja ( close na arma) e comprou a amar que tiraria sua vida.

Essa filmagem da vida e volta no tempo, nos acontecimentos, foi feita em Lost. As pessoas tinham uma interligação, mesmo que superficial e rápida. Um esbarrão, por ex. É incrível como as coisas acontecem como se estivessem sendo manipuladas por forças sobrenaturais, alienígenas, talvez. É o real e o sobrenatural.

Então, a pessoa pode acreditar em destino, em fatalidade, em acaso, em casualidade, em livre arbítrio, ou em nada disso. Pode ser um cético incorrigível, mas que tem coisas estranhas isso tem. Bastaria voltar a fita da vida pra gente pirar ao ver que muitas coisas encaixam de uma forma inexplicável. Como em UP - nas alturas. Porque o velhinho nunca conseguiu abrir o álbum de fotografias?

Bem... Err... Sei lá o que tô fazendo aqui. Eu tenho que parar de cheirar Vick Vaporub, isso tá me matando. Ahhhhhh, eu tenho uma história de arrepiar com pernas, eu já disse, né? Eu conto outro dia.
avatar
Marya em 24 de julho de 2011 às 08:24:47»
Eu não teria coragem de cortar a perna, dói muito.
Depois, como ele fez para cortar o osso?
Precisa de um serrote para cortar o osso e mesmo que o osso estivesse em pedaços ainda assim teria de cortar alguma parte, e sem anestesia ?
Não teria coragem não.
avatar
Led Franzoso em 24 de julho de 2011 às 00:53:17»
Destino não existe, já dizia o Dr Emmett Brown.
avatar
Luiz Felipe em 24 de julho de 2011 às 00:07:56»
Não acredito que exista predestino a morrer ou viver.
Ele teve a sorte, ou o azar da arvore cair.
Poderiam ter ocorrido varias coisas:
A arvore ter caido no lugar certo.
Ele não ter o canivete, mas algum colega voltar para pegar algo que esqueceu.
Ele ter o canivete e cortar a perna.
Ele ter o canivete e não cortar a perna e por pouco não morrer da perca de sangue.
Ele poderia ter um telefone.
Não existe destino, existe apenas o resultado de seus atos.
Mas isso é falta de pensar, primeiro se voce vai mexer com arvores, melhor saber o que esta fazendo. não é so pegar um machado e sair cortando a arvore.
Ele poderia ter amarrado cordas na arvore para forçar a queda para o lado que ele queria.
Ele poderia ter usado um trator.
Ele poderia ter deixado essas coisas perigosas para fazer de manha no dia seguinte, pois denoite, ja cansado ele foi fazer algo perigoso.
Ele poderia ter feito igual eu, ter estudado mais e trabalhar com algo que seja menos perigoso.
Ele poderia ser mais esperto e não ir para o mato sozinho.
O que ele passou não foi destino, foi apenas resultado de suas ações.
Se a arvore caisse do nada na cabeça dele porque estava podre e ninguem sabia disso, dai poderia dizer que foi destino. mas ainda assim foi apenas falta de sorte de estar no lugar errado, na hora errada.
tecomestre em 23 de julho de 2011 às 23:30:47»
Luna, saiba que destino é previsão...

Todo ser humano tem livre arbítrio, ou seja, liberdade para pensar, agir, mudar de ideia ou achar novas soluções que resolvam os desafios e problemas da vida.

Quando se fala de Deus... Nesse mundo existem diversos caminhos a seguir. E Ele traça pra cada caminho um destino diferente, cabe a nós discernir qual deles escolher.

As responsabilidades e os choques de retorno geralmente nos levam a duas atitudes e caminhos: estagnação, pelo orgulho ferido e a revolta; e o progresso, pela humildade e a resignação.

Wyman demonstrou que por mais profunda angústia ou pesar diante dos desafios da vida, há sempre uma porta de saída... A conformação vem depois...

Se passasse por essa situação, dependendo do meu estado de espírito... Hum... Eu faria qualquer coisa. Menos pensar em desistir.

Valeu pelo post Admin! Espero que outras histórias possam ser tão interessante assim.
avatar
Luna em 23 de julho de 2011 às 22:23:43»
Eu tbm sei uma história incrível envolvendo pernas, mas deixa para uma outra ocasião.

Veja bem, ele não sobreviveu porque tinha um canivete no bolso para amputar a perna. Mas, foi o fato dele estar com o canivete no bolso para amputar a perna, que toda a situação foi criada - isso se chama destino. Ele não estava pré destinado a morrer, mas a sobreviver, daí o canivete no bolso, foi a linha entre a vida e a morte.

Se fizessem uma reconstituição daquele dia, o momento em que ele coloca o canivete no bolso, seria o ponto marcante e decisivo da história. Podemos, ainda pensar que, se ele não tivesse colocado o canivete no bolso, e o destino dele não sendo morrer daquela forma, nada disso teria acontecido.

Respondendo a sua pergunta: eu não sei. Acho que não. Eu corto meu dedinho com a faquinha de pão e já faço um escândalo e me indigno: droga, agora vou precisar de 3 dias de repouso! Eu sou viciada em analgésicos porque não suporto dor, por menor que seja. E, para eu cortar minha perna nessa situação, eu teria que estar portando um canivete, né, querido? O que eu estaria fazendo com um canivete? Eu sou lá mulher de usar canivetes. Quem usa canivete é bicha, meu bem. Mexe com bicha pra tu ver se elas não sacam um canivete, sei lá de onde.

Eu sei de uma pessoa que se sairia muito bem nessa situação, meu ídolo Bear G. Usando o canivete, o tronco da árvore e mais alguns materiais que estivessem ao seu alcance, ele construiria uma máquina pra retirar a perna dele e, logo em seguida ele reconstruiria sua perna com o resto do material que sobrou, e totalmente funcional. Sairia dali andando, passaria na padaria e compraria torta de maçã pro jantar.

Aguardamos mais historias legais. Beijo.
avatar
Led Franzoso em 23 de julho de 2011 às 20:43:46»
"A linha que separa a razão da loucura pode arrebentar com apenas um dia ruim"

Coringa
avatar
Lucy em 23 de julho de 2011 às 18:24:27»
Corajoso mesmo, sinceramente, eu não cortaria minha perna até pela dor que isso iria causar, acho que essa opção nem ia passar pela minha cabeça rolleyes
avatar
Tyr em 23 de julho de 2011 às 18:10:55»
Luisão.
São casos extremos.
Vi um lenhador que roeu o próprio braço.
Na hora...
avatar
Horus em 23 de julho de 2011 às 18:00:30»
Que historia grande de ser lida

nem li

: D
Kya em 23 de julho de 2011 às 17:56:27»
Acho que só estando nessa situação que eu poderia dizer se seria capaz de fazer o que Wyman fez.
avatar
Celio C N em 23 de julho de 2011 às 17:55:33»
Eu possuo três canivetes muito bem afiados. Um deles, inclusive, tem corte de navalha, mas se algo acontecer comigo e precisar deles tô frito, porque os ditos cujos sempre ficam guardados em casa, lol... ma
Gostei da bravura do cara. Não é todo dia que conhecemos pessoas assim.