Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Fabi em 10 de maio de 2012 às 16:28:16»
Amei o comercial, chorei na primeira vez que o assisti! Lindo mesmo...
kathy kiel em 26 de abril de 2012 às 21:46:24»
Só as vezes a gente esqueçe por um momento que a vida não depende só da gente,mas,qdo se é mãe,as vezes por um momento a gente se lembra que tudo na vida daquele "serzinho"SÓ depende da gente...ser mãe é isso deixar de ser um para ser um todo...
avatar
Sentinela em 26 de abril de 2012 às 20:56:40»
Já tinha visto na TV, e é realmente muito lindo. clap
facebookeiro em 26 de abril de 2012 às 19:17:45»
padecer no paraizo e bobobo , jornada dupla e mimimi , ser mae e supremo e blablabla . muito chato isso , parece q ser mae e obrigacao, parece q e favor. homem padece no inferno com jornada dupla tripla hora extra , aguenta mimimi da mulher e ainda sobra tempo pra jogar bola sem reclama de nada. fikdik
avatar
Brazuka em 26 de abril de 2012 às 17:18:22»
Poxa mas que chorei com o vídeo... juro que chorei mesmo pensando assim que de fato toda mãe em qualquer lugar do mundo é igual e só muda de nome e endereço.

MÃES! beijo beijo beijo beijo
avatar
Brazuka em 26 de abril de 2012 às 17:16:05»
Este poema lindo está escrito no pedestal de uma estátua dos tempos do Brasil imperial aqui em Fortaleza no Passeio Público, uma praça histórica por ter sido berço da execução de muitos revolucionários da Confederação do Equador no ano de 1824 que, contrário ao Império de D Pedro I, declarou uma república independente os Estados do Nordeste, começando por Pernambuco e ampliando-se depois rapidamente para outras províncias da região, como Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Em síntese, a Confederação do Equador - que ganhou esse nome em referência à proximidade do centro do conflito com a linha do Equador - foi um movimento contrário à centralização do poder imperial.
MDIG TAMBÉM É CULTURA! sha clap clap clap
avatar
Nana em 26 de abril de 2012 às 17:01:20»
Tenho muita vontade de ser mãe. Enquanto não sou vou bajulando a minha.
Gostei do comercial e não o achei esteriotipado.
Os africanos tem grande força no atletismo por seu biotipo e estutura corporal.
os americanos grande potencial para esportes individuais, pois são mais frios.
Os asiáticos na natação não entendi o pq.

Nós brasileiros temos grande força nos esportes coletivos, por nossa paixão e lado mais emocional, não só Brasil, mas America latina. E fiquei bem feliz por eles colocarem o volei ao inves do futebol. E feliz do tempo que cresciamos assim, fazendo esporte nas ruas. clap
ua em 26 de abril de 2012 às 16:03:49»
O 'padecer' da frase já implica no trabalho e esforço, mas o 'paraíso' atenua o sentido negativo do verbo e dá um sentido positivo ao conjunto da frase. Até porque não existe trabalho em que ñ se padeça por pelo menos um instante mínimo. Sofrimento pelo filho estar doente, por pensar que talvez o dinheiro da comida não dure até o final do mês...
Dido Braga em 26 de abril de 2012 às 14:55:40»
0:10 - chemtrial no céu
0:23 - eles parecem não retratar o brasileiro de outro jeito - a favela e o favelado - não q seja preconceito, mas parece que a unica visão deles da gente aqui.
avatar
Horus em 26 de abril de 2012 às 14:18:58»
so pq o dia das maes ta chegando ...
avatar
Lucy em 26 de abril de 2012 às 12:32:19»
Legal clap
avatar
revolt4d4 em 26 de abril de 2012 às 11:47:58»
Vi o comercial.
avatar
Politico Honesto em 26 de abril de 2012 às 11:47:08»
Vai entender.