Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Luiz Felipe em 21 de setembro de 2012 às 00:05:20»
Como os filhos vêem seus (pais quando estão bebuns)

Para isso que existe parenteses, a matematica já resolveu esse problema, enquanto as linguas ficam inventando droga de regencia que ninguem entende e nunca resolve problema algum.
avatar
Raxyz em 19 de setembro de 2012 às 09:28:34»
Nada a ver com o vídeo em sí, mas eu achei que esse título ficou meio ambíguo "Como os filhos vêem seus pais quando estão bebuns", por um momento eu pesei como as crianças veem os pais quando ELAS estão bebuns, e não os pais.

Com certeza faz mais sentido ao contrário, mas ainda assim, foi a minha primeira impressão ao bater o olho no post.

Voltando ao assunto, não sei dizer nada sobre isso, ninguém na minha família bebe, eu mesmo odeio cerveja por ser amargo e sou alérgico a vinho. Àlcool nunca foi um problema na nossa família.
Hugo Heggedorn em 19 de setembro de 2012 às 08:26:35»
Evandro falou tudo.
avatar
Confortably Numb em 18 de setembro de 2012 às 14:42:54»
Bom,
meus pais sempre beberam socialmente, as vzs sempre tinham seus exageros... mais minha infancia sempre foi muito cercada de carinho.
Eu até adorava acompanhar meu pai em alguns barzinhos no domingo de manhã porque ele ficava mais "mão aberta" kkkk me enchia de guloseimas! razz

Mas acho essa propaganda totalmente correta sim, conheço verdadeiros monstros quando bebem... inclusive ja tive que cuidar de filhos de alguns colegas porque eles não tinham condições de tão bebados.... acho que tudo em excesso é prejudicial... mas invariavelmente não é bom criança e bebida conviverem muito próximos... rolleyes
avatar
Evandro Eloy em 18 de setembro de 2012 às 14:32:46»
Trabalho com este público, o que me faz dizer que às vezes, na visão de alguns pais que amam seus filhos, quando bêbados, a realidade também é distorcida... vêem seus filhos como intrusos, como vilões, como pedra de tropeço, mesmo que sejam crianças adoráveis.
Filhos de pais com problemas de dependência química de álcool, tendem a ser sombrios, tristes, e muitas vezes ostentam uma inteligência superior aos demais de sua faixa etária, crescem não como crianças, mas pais de seus pais.
avatar
LukeSchimmel em 18 de setembro de 2012 às 13:44:42»
Uma coisa que percebi é que todas as crianças tem uma pre-disposição para se tornarem sociopatas. :s
Ah, então coisas assim são perigosas.
avatar
Sentinela em 18 de setembro de 2012 às 13:40:19»
Ótima propaganda. Mesmo que a maioria vá ignorar, faz pensar por uns instantes. Faz parar para refletir.
Talyta em 18 de setembro de 2012 às 12:55:00»
Exatamente! Meu pai já teve problemas com bebidas, ele nunca agrediu minha irmã, eu, minha mãe ou qualquer outra pessoa, mas ele ficava muito grosso, e eu me lembro que sempre que ele chegava em casa ou viajava e chegava depois de uns dias e voltava bêbado, eu corria para o quarto e me trancava até que ele acordasse sóbrio no outro dia. E sim, a gente os vê como "criaturas horrendas" mesmo. Isso mudou, hoje ele bebe socialmente, mas não dá pra esquecer, é realmente um trauma de infância.
avatar
100Nossao em 18 de setembro de 2012 às 12:51:18»
Mesmo que não se torne muito popular (as pessoas fecham os olhos para o que não querem ver) é a caricatura da realidade.
avatar
Marya em 18 de setembro de 2012 às 12:27:43»
Nussa, me deu medo