Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
msp1500 em 04 de abril de 2013 às 00:55:34»
Espelho pra todo mundo e asunto resolvido.
Tá certo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
rsrsrsrsrsrs
avatar
Politico Honesto em 02 de janeiro de 2013 às 13:06:13»
Yare, yare.
avatar
Luna em 02 de janeiro de 2013 às 10:37:50»
Olha, Jesus, estão comemorando sua data de novo, enchendo os rabos gordos de perus. O espirito de Natal acaba de chegar de Narnia. Sem ele, não há Natal, ele sopra o pó magico do altruísmo, e o mundo se abraça e pratica fraternidade momentânea. Agora é a troca de presentes, como se todos tivessem nascido, menos o Senhor. Ei, Jesus! Porque essas nuvens de lágrimas em seus olhos? É Natal! Não é lindo aquelas luzinhas que piscam?!
avatar
Luiz Felipe em 27 de dezembro de 2012 às 23:14:54»
Só não entendi o boneco de madeira.
avatar
Sentinela em 27 de dezembro de 2012 às 22:57:26»
Eu gosto de ganhar filmes e livros. Mas mais ninguém que eu presenteio gosta tanto...
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 22:22:44»
ká ká ká procê também!
avatar
Tyr em 27 de dezembro de 2012 às 22:09:41»
lol kkkkk lol kkkkk lol kkkkk lol kkkkk
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 22:02:02»
Achou um sapo por acaso?
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 21:57:20»
Ruindade!
avatar
Moonwalker em 27 de dezembro de 2012 às 21:55:06»
Não sou narcisista. Mas seria, se não fosse o trabalho de ter que ficar se policiando em assuntos como o desse post...
avatar
Tyr em 27 de dezembro de 2012 às 21:45:31»
SOME DAQUI! ma
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 21:22:34»
Fala, Tyr.
avatar
Tyr em 27 de dezembro de 2012 às 21:06:37»
Edgar?
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 20:47:34»
Tô fora!!!!!!
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 20:46:48»
Quer pescar, Tyr?
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 20:45:48»
Ainda que não ironizou o "carente".
avatar
Angelina em 27 de dezembro de 2012 às 20:36:07»
Hahahahaha
confused
avatar
Tyr em 27 de dezembro de 2012 às 20:34:22»
Valeu Edgar.
Mas retire o autoritário JÁ! ma
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 20:27:20»
Desencana, Tyr! Sei que é isto que te incomoda e estou te provocando. Deixa de ser carente. Tá pior que eu.
avatar
Marya em 27 de dezembro de 2012 às 20:25:58»
Luisão, mas nas igrejas católicas é comemorado o nascimento de Jesus, sem presentes, para quem vai à missa.
Depois ao chegar em casa, se tiver presentes, já é outra história, mas primeiro tem a missa.

Ta bom então Luisão.

Outro beijo!
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 20:25:12»
Luisão (desculpa, sempre te chamo de Admin.), não podemos ser teleológicos. O que você fala é absolutamente procedente nos dias atuais. A Igreja e as outras religiões aprenderam a sistematizar e por um cabresto no sincretismo religioso, filtrando e manipulando isto que eu defino como movimento natural de diálogo. Mas, nem no período colonial brasileiro, em que a sobreposição (não sincretismo) religiosa ocorreu, pode-se dizer que esta "técnica" tenha sido de domínio das instituições religiosas cristãs. Ainda acredito que a fé católica foi a reboque da cristandade popular e teve que se retorcer pra encaixar as referências não cristãs as quais o povo não abria mão. Pra mim, a maior evidência são as divergências de culto nas festas cristãs de rua e na "eleição" de santos populares, em detrimento ao culto da Igreja institucional. E, se hoje a igreja racionalmente promove a manipulação neste sentido, isto não vale pra antiguidade (em que a Igreja eliminou tantas outras liturgias e dogmas pré-católicos no fio da espada) ou na Idade Média (em que a imposição definitiva do catolicismo romano se deu por meio da força política e da força econômica, isto só depois do enfraquecimento dos mouros).
avatar
Tyr em 27 de dezembro de 2012 às 20:24:57»
O fato é que com o passar do tempo estão dissociando o que era espirito natalino dessa lambança chamada 'Phodendo com seu 13º'. Muitos que conheço deixaram de lado o 'compre por atacado e se vire nos 30 (dias) de janeiro'.

Sinto muito em informar, mas nem meus filhos creem mais nisso.

(Sarcástico & Autoritário???)
avatar
Tyr em 27 de dezembro de 2012 às 20:21:03»
(¬L¬) Eu sou autoritário?
avatar
Redação em 27 de dezembro de 2012 às 20:12:13»
Nem eu Maria, mas a partir do momento que fez a correção sobre um ponto de vista pessoal, contra-argumentei que existe história e realidade além desta venda. Ademais, por estas épocas é muito comum vermos o típico hipócrita que diz "mais menino jesus e menos presentes" enquanto tem uma árvore na sala de casa que estava repleta de presentes dias atrás. Eu não estou bravo.

Só que neste caso não houve sincretismo Edgar, os cristãos simplesmente enfiaram uma data ali no meio e pronto. Eu concordo que realmente a igreja faz charminho contra o sincretismo, mas veja que não tem vergonha nenhuma em, por exemplo, permitir e até promover timidamente o afro-catolicismo. Até poucos anos atrás falavam que macumba era coisa do demo, chutavam santas na televisão, e agora os maiores empreendimentos religiosos vivem tentando dar as mãos às micro-empresas do ramo. Não duvido que em um futuro muito próximo Oxossi seja proclamado o padroeiro do Rio de Janeiro e que o Zé Pelintra comece a dar passe em um altar ou namorar coroinhas.

Abraços fraternos!
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 20:01:02»
Quando consegue, sim.
avatar
Tyr em 27 de dezembro de 2012 às 19:28:43»
(¬L¬) Eu sou sarcástico?
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 19:24:06»
Impressionante como você tenta ser simples e não consegue. Não é tua praia ser humildezinho. Continue sarcástico e autoritário. Fica mais autêntico, Tyr. A gente perdoa.
avatar
Tyr em 27 de dezembro de 2012 às 19:00:30»
Edgar, até o ultimo imperador romano sequer sonhavam em procurar a data de nascimento de Jesus (o Cristo é outra história) e depois de uns 386 anos um olhava pra cara do outro e perguntava "Mas quando esse Nazareno Lazarento - Ele Há de me perdoar! - nasceu?" E o outro não sabendo disse "Há, dane-se! Coloca ai junto com os outro deuses que a gente já conquistou e diz que é isso."

Ai, juntaram isso aos presente, depois ao velho barbudo e por fim aos cartões de crédito e vales amigo-oculto.

Pronto. Natal.
avatar
Tyr em 27 de dezembro de 2012 às 18:56:29»
Interessante como o comentário mais simples foi o melhor bem posto.
Parabéns Maria, tua simplicidade me surpreende.
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 18:23:10»
Admin,
Até concordo com sua repulsa pelo proselitismo. Mas, tenho a impressão que esta transposição entre o culto pagão e cristão não foi tão deliberada como se apregoa. Esta coisa de que as crenças e rituais pagãos foram absorvidos pela cristandade para angariar fiéis não pode ter sido tão automática assim. É um pensamento meio conspiranóico, como você diz. As culturas interagem num movimento natural, as reinterpretações são muitas vezes decorrência deste processo e são, por vezes inevitáveis. É fato que a Igreja legitimou e incentivou muitas destas proposições. Mas, a iniciativa nem sempre foi dela. Ao contrário, houve grande resistência ao sincretismo no início. O culto mariano logo de início era visto com maus olhos, já que remetia às deidades pagãs femininas (Ísis, Atégina, Juno, Gaia, Perséfone, etc.). acho que foi mais uma concessão do que uma iniciativa. Por outro lado, sempre temos em mente um certo princípio revolucionário de ruptura com o passado quando falamos em mudança. Na prática não acho que seja assim. É um processo em que muita coisa do passado é relida, revista. Associações são feitas, até que se construa de fato uma personalidade ao ser adorado.
avatar
Marya em 27 de dezembro de 2012 às 18:16:33»
Luisão, não tive a intensão de medir conhecimentos, de fazer uma competição para provar quem sabe mais. Quando falo que Natal é a comemoração do nascimento de Cristo, não falo errado, pois é de fato, e você deve saber disso porque já foi católico.
Admiro muito seu conhecimento, mas desde que me conheço por gente, o Natal para mim é o nascimento de Jesus. Se é também outras comemorações, de outros deuses ou de astros, ou o que quer que seja, eu respeito, não vou fazer chacota. Mas para mim, que sou cristã, e para a maioria dos brasileiros, que são católicos, o Natal é uma data religiosa.
Quanto ao fato de você mencionar que não precisa ser salvo de nada, ótimo, para você. Deve ser maravilhoso não precisar ser salvo de nada. Continue com sua convicção, não te julgo nem tão pouco te critico, aliás você sabe que gosto muito de você, independente da sua crença, do contrário já teria ido embora do MDig há muito tempo.
Mas, eu também tenho a minha crença, e acho o Natal a data mais linda e gostosa do ano, justamente por ser o natalício de Jesus.

Um grande beijo!
Não fica bravo comigo
avatar
Politico Honesto em 27 de dezembro de 2012 às 18:14:03»
"O Natal é uma das muitas datas invadidas pela religião para cooptar seguidores. Na verdade era uma festa que celebrava o nascimento anual do sol no solstício de inverno."

O tal nascimento de Jesus não passaria de uma adaptação da mitologia cristã para esse fato, como descrito num link que enviei, há algum tempo.
avatar
Angelina em 27 de dezembro de 2012 às 17:57:37»
Me impressiono como comercializam o Natal, mesmo que seja uma data fictícia, não precisa ser alastrada para uma forma pior ainda.
avatar
Redação em 27 de dezembro de 2012 às 16:27:38»
Seu salvador Maria, meu não! Eu não fiz nada de errado tampouco preciso de alguém para me salvar. mrgreen O Natal é uma das muitas datas invadidas pela religião para cooptar seguidores. Na verdade era uma festa que celebrava o nascimento anual do sol no solstício de inverno.

Talvez também não saiba que o Natal é comemorado por muitos povos não-cristãos, cujos costumes populares podem ser rastreados a origens pré-cristãs.

De vez em quando é bom variar um pouquinho e lembrar que nem tudo (quase nada) se origina no proselitismo do catecismo logorréico.

Abraços fraternos!
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 16:22:58»
A propósito, curioso que este estudo tenha vindo de uma universidade sul-coreana. Coreanos, sejam eles do sul ou do norte, assim como em boa parte do oriente, tendem a suprimir a individualidade em benefício da unificação nacionalista. A gente tem que exercitar um pouco mais a autonomia e o espírito crítico em relação a estas pesquisas. Quase sempre atendem a uma ideologia e, por vezes a explicita, por mais subterrânea que seja. Lembrei-me daquela pesquisa que afirma que pessoas que não possuem Facebook são potencialmente sociopatas. Tá na hora de rever estes "métodos científicos".
avatar
Marya em 27 de dezembro de 2012 às 15:32:36»
" Natal é a época de presentes por excelência "

Natal é a comemoração do nascimento de nosso Salvador, nosso Senhor Jesus Cristo.
avatar
LukeSchimmel em 27 de dezembro de 2012 às 15:30:01»
Espera, eles "Dão" ou querem receber? ...
avatar
LukeSchimmel em 27 de dezembro de 2012 às 15:28:30»
Antes se chamava originalidade e desejo de ter o melhor, agora está dentro do narcisismo....
Edgar Rocha em 27 de dezembro de 2012 às 15:26:15»
Sempre achei que narcisistas necessitassem desesperadamente de aprovação alheia e reconhecimento de sua auto imagem. Pra isso, buscariam a sofisticação como método de sedução. A originalidade, creio eu, é mais uma onda atual. O "ser descolado" e "único" é uma exigência da moda e um dos requisitos para aprovação em determinados círculos sociais. Mas, não definiria o narcisismo como uma tendência a ser exclusivista. Se a exigência fosse ter uma roupa de marca, como nos anos 80, com certeza o narcisista a cumpriria. Individualizar-se ou elevar-se não andam juntos, necessariamente.
avatar
Politico Honesto em 27 de dezembro de 2012 às 15:02:13»
"Os narcisistas sentem-se bem consigo mesmos porque pensam que triunfaram em individualizar ou elevar a si mesmos."

Em parte, concordo, pois muitos narcisistas também são egoístas e estes, em geral, costumam não dar presentes ou, então, optam pelos mais simples. A descrição do parágrafo se aplica mais aos perfeccionistas.