Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Guilherme Baptista em 25 de agosto de 2014 às 16:30:03»
Essa questão não liga-se apenas a religião. A própria ciência é um limitante para a efetuação da clonagem terapêutica. Por exemplo, em 2004, cientistas chilenos constataram que uma substância química, utilizada para ativar a multiplicação do óvulo após a implantação do núcleo da célula somática, causava mutações físicas no embrião, logo, há a possibilidade de suas células serem doentes. Com essa descoberta, quem garante que não existem outros entraves ou limitações científicas sobre o assunto? O próprio órgão gerado, por exemplo, pode ter deformações estruturais, ou de funcionamento. Para que a Clonagem Terapêutica ocorra com sucesso e sem grandes erros, ainda é necessária a realização de um detalhada pesquisa pré-clínicas, avaliando os riscos e benefícios (como estabelece o Código de Nuremberg-1947).
Além desse fato, algo que eu acredito que muitas pessoas não levaram em consideração ao responder a enquete (considerando o resultado) é o fato que, se a clonagem terapêutica for legalizada e ocorra com sucesso, uma MINORIA vai ter acesso a esse tipo de tecnologia. Os com grande poder econômico. Fato justificado segundo a lógica capitalista. Portanto, é o mesmo sentido das opiniões acerca da Reforma Agrária (considerando que uma minoria dos que votou na enquete pertence à classe A), vocês defendem a classe privilegiada, que tem tudo, sem saberem. Defendem o interesse dos que só se interessam em explorar as outras classes e manter as suas amenidades. #seLIGUEM #FICAaDICA #seINFORMEM!
Elaine santos amaral em 21 de setembro de 2013 às 11:55:31»
eu sei, o que é "clonagem humana e ética"? eu gosta mais querido poder estar a clonagem, eu ir morrer ou depois, voltar laboratória de corporação que se a clonagem humana e cresceu e o bebê de futuros cresceu e igual e mesmo de bom...
avatar
Elbereth em 11 de junho de 2013 às 11:23:50»
Nah, pra que termos que mostrar que fazemos um mundo melhor assim mesmo?

Quem quiser fazer que faça, quem não quiser que não faça, quem quiser fazer e não mostrar, a vontade também.

Live and let live, baby! =D
Ulisses Sampaio em 10 de junho de 2013 às 12:31:42»
Moonwalker.
Uma ilustração com base em um filme, mas que leva pro lado que mencionou - e diga-se de passagem, muito bem posto - que é 'Planeta dos macacos, A origem'. Foi a falta de ética do geneticista visando apenas o bem próprio e deixando de lado as normas que gerou um desastre sem precedentes no planeta.
Se analiso com mais cuidado todos os comentários, inclusive o do Luis Felipe, me vem algo á mente: Só tem um jeito de saber se o que vai vir é ou não senciente. O fato: Vamos ter de pagar pra ver ou viver na duvida se funciona ou não.
avatar
Moonwalker em 10 de junho de 2013 às 11:40:27»
Tá... A maioria da galera aqui eu converso de boa... Mas é que tem coisas que me irritam no site de vez em quando.
Dogmas ateus existem sim. Não tem porque ver isso com misticismo ou preconceito, afinal esta palavra latina/grega não significa nada mais do que o que nós pensamos a respeito de algo. A evolução é um dogma, a descrença é um dogma... Só a ciência não é um dogma, nem religioso e nem ateu, já que ela não se encaixa muito bem no conceito de "o que nós pensamos". Seria mais "o que nós descobrimos / temos que aceitar".
Eu acho que o ateísmo deveria se organizar como grupo, como se fosse um tipo de religião. Assim, para alguem se dizer ateu, precisaria ser membro. Isso reduziria o número de idiotas que dizem que são ateus, mas que não fazem nada para mostrar que podem fazer um mundo melhor assim mesmo.
avatar
Elbereth em 10 de junho de 2013 às 11:19:09»
Moon, respira, calma... passou, passou.

Foi só um, relaxa. A maioria do pessoal daqui, você sabe, respeita opiniões alheias.

A religião é, sim, uma fonte da ética. Ou, talvez, tenha incluído em seus mandamentos coisas que já eram a ética da sociedade, talvez?

E quais seriam os "dogmas do ateísmo"? Sei de quem é ateu "danem-se todos os dogmas religiosos vou acreditar no contrário", como sei de gente que pensa como eu: "como não existe uma divindade pra ajudar os seres humanos depois da morte, vamos fazer o possível uns pelos outros agora".

Ao mesmo tempo, cada religião tem um dogma específico...

De todo modo, eu acho impossível parar os avanços da ciência nesse sentido, de clonagem de células e de órgãos. Então, acho muito prudente organizar o que pode e o que não pode para que, ao menos, o avanço não prejudique ninguém.
avatar
Moonwalker em 10 de junho de 2013 às 10:59:47»
Elbereth, o problema é que estes idiotas que acessam o site só para encher o saco não fizeram curso de interpretação de texto, ou acham que a ciência segue os mesmos dogmas do ateísmo, ao passo que todas as decisões religiosas são tomadas visando apenas uma ética religiosa.
Eu também acho que se a ideia não é brincar com a vida, o esforço pode valer a pena para a humanidade, mesmo esta não sendo a minha opinião. E ponto final!
Agora, se aparece um otário aqui e diz que a ética não deve ser levada em conta por ser religiosa ou algo assim, sinceramente, prefiro ser ético ao lado da religião do que um fanático do lado de qualquer outra coisa.
avatar
Elbereth em 10 de junho de 2013 às 09:50:52»
Luke, obrigada! Pode me explicar o que é espera e o que é FIV?

Moon, o problema todo, pra mim, é o seguinte: o que é a ética?

Existe a ética religiosa, e varia de religião pra religião. Existe uma ética determinada e já meio esclarecida pra cada profissão, por exemplo... a ética dos advogados, a ética dos médicos, a ética de engenheiros...

No caso de pesquisas genéticas, qual a ética que deve ser seguida? Porque ALGUMA ética precisa ser observada, ou pode acontecer algo semelhante ao que você falou, uma "bomba atômica" genética.
No caso da bomba atômica, ela surgiu porque não houve ética alguma seguida... ou, talvez, uma ética deturpada: "vamos criar uma arma tão poderosa que, matando x pessoas, a gente consiga acabar de uma vez a guerra, salvando y pessoas e muitos recursos".

Por isso eu acho importante demais que seja elaborada uma "bioética". O conceito já existe e já existem alguns princípios norteadores, mas precisava ser mais claro e delimitado, pra que se possa ter um caminho a seguir que não cause mais prejuízos do que benefícios...
avatar
Politico Honesto em 09 de junho de 2013 às 21:45:45»
O comentário do Luiz Felipe tem a ver com meu pensamento. Quando pesquisas como essas são feitas com a finalidade de salvar vidas (e não para brincar com vidas, como pensam alguns alienados), não há por que haver entraves por parte da ética. Quanto à religião, deveria parar de dar pitaco no que não é da sua alçada, pois a ciência não parou no tempo, ao contrário dela.
†MR_Prince† em 09 de junho de 2013 às 17:19:17»
Luis Felipe:Falou tudo!
Einstein:Você está confundindo ética com crença religiosa;pelo o que eu entendi.A ciência e a ética devem sempre andar juntas como já bem lembraram.

A economia,religião e política surgiram em momentos da história da humanidades em que eram necessárias regras para gerir recursos da naturaza sobre os quais não tinhamos o controle que temos hoje,seja na produção de energia,alimentos e industrias;como também normas de convívio social(a religião em seu aspecto prático.Não estou falando da função mitológica e filosófica) e administração de bens e propriedades num meio civilizado(política).

A ciência hoje já é anti ética e desumanizada.Já li em vários artigos sobre como as grandes companias farmacêuticas buscam as parcelas mais pobres da população para testar em humanos seus novos medicamentos.O mais cruel e desumano(ou seria humano mesmo?)são os testes de substâncias químicas em outras espécies de animais ,quando o seu fim é para uso humano.
Ulisses Sampaio em 08 de junho de 2013 às 19:22:11»
Até merda tem suas funcionalidades.
Religião? Acho descartável, mas é util. Não tem um post por aqui falando de manipulação? Então, quem tiver mente aberta que veja suas aplicações.
(Essa história de usar smartphone no banheiro não tá muito legal!)
heros em 08 de junho de 2013 às 18:27:56»
A ignorância não é uma benção. anonimo 1 nunca ouviu falar de guerra santa ou doutrina de guerra justa. A religião é uma merda!
anonimo 1 em 08 de junho de 2013 às 17:06:05»
moonwalker falou tudo, as pessoas acham que o grande mal do mundo é a religião, mas se não tivesse religião o mundo seria melhor?, não haveriam guerras, nós chegaríamos a uma utopia?,
acho que não, a história já provou como o ser humano pode ser evoluído, com as guerras mundiais, motivadas por interesses políticos, Hitler e seu ideal e muitos outros.
mas parece que virou moda jogar a culpa na religião hoje.
avatar
Moonwalker em 08 de junho de 2013 às 14:36:06»
Nossa, Einstein, como você é educado...
Tudo precisa do apoio da ética. Quer um exemplo? Transplante de órgãos é um avanço científico. Ter uma fila para ganhar um transplante é um avanço ético.
E seu raciocínio está errado em mais uma coisa. Quem vai para a cadeia é quem não tem ética, e não quem tem. Já que você não acha a ética importante, comprometo-me em levar uma marmita para você quando você for preso.
As pessoas precisam se controlar para não falar merda, associando à religião todo e qualquer comentário que afirme que a ciência precisa sim de um controle para não virar uma arma. Eu não defendo religião. Esta já virou arma. Pessoas como você fariam o mesmo com a ciência.
Einstein em 08 de junho de 2013 às 14:11:51»
Na boa, pra mim os estúpidos que acham que deve prevalecer a ética deveriam ir para a cadeia, ou ao menos apanhar.
Se dependessemos da mentalidade medíocre de vcs, ainda estariamos morando em cavernas.
E tem mais, deveriamos cadastrar todas as pessoas que são contra, e quando precisarem da medicina desenvolvida pela ciência, essa mesma será negada.
Que gentinha retrógrada!
Ricardo Porto em 08 de junho de 2013 às 12:45:20»
clonagem não é o oposto de ética. E ninguém vai ser clonado para ter um "extra" para quando precisar. Temos que ler, estudar bastante antes de dar opiniões.
avatar
Luiz Felipe em 07 de junho de 2013 às 21:53:59»
Falaram da bomba atomica, mas ela foi um subproduto da energia nuclear. Ai é que entra a etica, usar a energia para fins pacificos. A culpa não é da ciencia, mas do governo que patriocinou o mau uso da tecnologia.
A mesma coisa seria com a clonagem, exceto que a falta de etica nem traria tanto prejuiso, no maximo um ser que nem é um ser humano ainda perderia a vida, igual tantos outros que morrem por aí.
A sociedade nem sequer valoriza a vida de quem já é um ser humano desenvolvido, vai se importar com um punhado de celulas.
E outra, mesmo que fosse um embrião clone seu, ele é praticamente voce, não vejo problemas em rancar pedaços de algo que nem tem cerebro, nem capacidade cognitiva para usar em voce mesmo. Alias, isso nem é matar, porque as celulas vão continuar vivas em voce depois.
Até um certo ponto, o embrião é menos que um peixe, ele sequer tem memoria, ele não é um ser unico, é só um punhado de celulas, seria o mesmo que se voce perdesse a sua perna, e ficassem debatendo sobre os direitos da sua perna amputada.
E mais, se considerar o proposito final da pesquisa, que é salvar vidas, é um preço baixo que um punhado de celulas seja sacrificado pelo bem da humanidade.
Se tratando de clonagem, ela já é feita com plantas faz tempo. Agora, se alguem puder dar argumentos plausiveis porque uma planta tem menos importancia que um embrião humano, ou porque a vida humana tem valor e as outras não.
avatar
Brazuka em 07 de junho de 2013 às 21:25:32»
A Deontologia inclui-se entre as teorias morais que orientam nossas escolhas sobre o que deve ser feito. O termo foi introduzido em 1834, por Jeremy Bentham, para referir-se ao ramo da ética cujo objeto de estudo são os fundamentos do dever e as normas morais. É conhecida também sob o nome de "Teoria do Dever". É um dos dois ramos principais da Ética Normativa.

Bom saber disso e poder comentar o post agora, que Ciencia e Cientistas tem que obedecer a tais princípios de regras morais com relação a aquilo que faz ou pretende fazer e como fazer, para não terem que esbarrar depois com a Justiça que embora cega, com sua balancinha que pesa o bem e o mal, sabe muito bem quem pesa mais e quem pesa menos; quem pisou na bola e quem com ela vai ter que prestar contas depois, mesmo que o tempo da sua cobrança demore a chegar! sha lol
avatar
Brazuka em 07 de junho de 2013 às 21:16:56»
Ética e Ciencia devem andar juntas, principalmente no tocante à experiencias ou experimentos e aplicações médicas, pois Ciencia sem Ética é ou pode se tornar letal, criminosa, desumana e totalmente contra os princípios morais e Direitos Humanos.

Religião no caso não conta, pois a Idade das Trevas já passou e o que foi mentira e heresia um dia, punível inclusive com a criminosa e degradante fogueira da "Santa" Inquisição, hj prova-se totalmente o contrário do que julgavam "os santos" padres, bispos, cardeais e papas daquelas Eras pois, além de totalmente certa, é parte essencial e vital para a sociedade moderna.

Se for em algum campo de concentração e extermínio como nos tempos do Nazismo aí fico calado mas, graças a Deus que mesmo a gente achando que não, a Lei existe sim e é para todos, independente de quem seja. twisted
avatar
Moonwalker em 07 de junho de 2013 às 20:40:22»
Acho incrível que a maioria pense que a ciência deve prevalecer. Foi por prevalecer a ciência em relação a ética que se desenvolveu a bomba atômica.
Na clonagem, se não houver ética, talvez um dia torne-se real a história torpe daquele filminho chamado A Ilha, em português. Pessoas sendo criadas e depois mortas para que seus órgãos salvem milionários excêntricos.
Enfim, falando sobre possibilidades reais a curto prazo, eu acho errado matar embriões. Mas não condeno quem ache certo.
avatar
Angelina em 07 de junho de 2013 às 20:28:35»
Sempre se deve pensar no objetivo das e experiências.
Mesmo eu gostando de ficção cientifica das mais loucas, penso que se deve ter um pouco de ética, pensando que tudo isso é para ajudar humanos de vidro.
Mas nesse caso, penso que não tem muito problema, já que a finalidade é ajudar e não é tão anti-ético assim.
Raivosinha Chan em 07 de junho de 2013 às 19:57:01»
Clonagem já é praticada por alienigenas, se existirem é claro rs. eu acho ...

Acho anti-ético ter outro você andando por ai contra sua permissão, mas apoio a clonagem de celulas e orgãos com a permissão da pessoa, é claro.

E foda-se esses crentes , farto da religião se meter em tudo, morram bjs
Semiramis em 07 de junho de 2013 às 18:54:06»
A igreja, (com isso quero dizer todas as denominações) não permite isso, não permite aquilo, mas também não faz nada para melhorar a vida dos humanos já existentes no planeta. Só quer bater "metas", amealhar riquezas, construir templos, e manter os ingênuos sob seu jugo. Tudo espiritualidade puramente material. Nada faz para acabar com as guerras estúpidas, nem para reduzir a miséria, nem para difundir a verdadeira racionalidade, nem para levar a civilidade aonde quer que seja. Por isso, prefiro a ciência.
avatar
LukeSchimmel em 07 de junho de 2013 às 18:43:43»
Eu não vejo nada anti-ético... de qualquer modo, não vejo porque destruir um embrião seja considerado matar um humano. Se fosse por isso muitas mulheres e médicos são assassinas em massa e infanticidas, já que não é incomum se colocar 3 embriões no útero durante a FIV e nenhum se desenvolver, olhando pelo ponto de vista dos opositores.
Já poderíamos ter avançado tanto... se não fossem as ancoras da humanidade.
Nota: Elbereth, não se usa embriões durante a inseminação artificial, se usa espera.... embriões são usados em FIV.
avatar
Elbereth em 07 de junho de 2013 às 17:34:38»
Por tudo o que li, aqui e em outros lugares sobre esse assunto, a diferença desse procedimento para outros é que é utilizado um óvulo não fecundado... ou seja, não é um embrião. É apenas e tão somente uma célula, que, ademais, é produzida em excesso nos corpos femininos...

Assim, por não ser um embrião, não entendo o barulho da Igreja.

De qualquer forma, mesmo se FOSSE um embrião, eu seria a favor. Aqui no Brasil, ao menos, só pode usar embrião que seria descartado para pesquisas - tipo os que não são usados após uma inseminação artificial.
A ciência tenta manter um mínimo para não ter reclamações religiosas, mantendo uma ética que considero, até o momento, coerente, mas não adianta.

Haters gonna hate.
Malina em 07 de junho de 2013 às 17:22:30»
VAI SER A QUE DER MAIS LUCRO FINANCEIRO.
nilo em 07 de junho de 2013 às 17:12:49»
Religião, sempre se metendo onde não deve! Prejudicando a "evolução" do ser humano.
avatar
Politico Honesto em 07 de junho de 2013 às 17:03:54»
Considero as finalidades.