Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Dominique em 24 de outubro de 2013 às 22:25:13»
Como cantou Guilherme Arantes: "coisas do Brasil ....."
Viva o Brasil!!! em 23 de outubro de 2013 às 16:54:00»
A diferença dá p/ comprar uma passagem p/ os EUA e trazer um de lá.
avatar
Elbereth em 23 de outubro de 2013 às 14:53:04»
Em relação aos tributos, não sei qual o status do Brasil em lista de maiores tributações e tal. Até porque acho que, para avaliar algo voltado ao ps4, teríamos que verificar os tributos que incidem sobre importações, e não o geral.

O que eu vejo nos tributos brasileiros, e toda pessoa que parar pra ler deve concordar comigo, é que são confusos. Já fiz análise tributária que olha, dá dor de cabeça. 3 leis sobre o mesmo assunto, imposto que integra base de cálculo sobre o outro imposto, regras de incidência confusas com 5 interpretações diferentes (pelo fisco, pelos contribuintes, pelo judiciário, por advogados, por doutrinadores).
É um caos.

Uma reforma tributária seria ótima, se não pra reduzir impostos, ao menos pra racionalizá-los. Eu talvez perdesse trabalho com isso, mas sério, não me incomodo hahahaha
Ulisses Sampaio em 23 de outubro de 2013 às 13:34:07»
Rogério, siga esse conselho desse ignóbil que traça essas más escritas linhas e não sabe bem o que esta dizendo:

FICA QUIETO SEU LOUCO! Se o serviço de segurança do Parque Temático te achar tu vai ter o mesmo fim do Amarildo!

Onde já se viu isso? Dizer pra acabar com o capim que mantém o gado no pasto? Tu é louco? Bebeu junto com o molusco? Precisa d1lma ajuda pra ir viajar sem voltar?

Quanto a carga tributária: Ainda bem que apareceu um bem que todos estão interessados pra prestarem atenção nos encargos que vem embutidos junto. Só assim mesmo, caso fosse feijão, arroz, carne ou até remédios ninguém ia se importar. Foi na marra mesmo.
Rogério em 23 de outubro de 2013 às 13:02:56»
Muitos daqui dos comentários com certeza possuem um salário confortável, que pode cobrir sem problemas pequenos aumentos e ainda proporcionar um bom padrão de vida. Mas pergunto, alguém já conversou com o gari que varre sua rua, ou corta sua grama? Já tentaram fazer um exercício mental de como seria viver com um salário mínimo? ou com um salário médio de professor? se necessário iriam fazer uma cirurgia de risco no SUS? Amigos, melhor que dar "bolsas" e coisas de graça ao povo, seria melhor dar condições ao povo de obtê-las por si mesmo. Ganha o setor privado que aumenta a demanda, ganham os cofres públicos que desoneram os custos. Mas dai o governo petista perde seu maior curral eleitoral... regimes comunistas , socialistas etc tendem ao fracasso como a história ensina... Mas das duas uma, se for pra continuar essa "merda" então que se cortem os impostos, e vamos todo mundo ficar na merda mas felizes. Se os impostos continuarem os mesmos, então que sejam investidos da maneira correta, com combate a corrupção e aumento da educação. Eu prefiro a segunda opção. É uma visão utópica? pode ser, mas é assim que eu quero q seja o pais que eu VIVO.
Raven em 23 de outubro de 2013 às 13:01:07»
Dessabelle. Kkkk vc pensa e fala a mesma coisa que eu falo quando estou entre amigo. Essa realmente é a realidade da maioria dos brasileiros, se sentem realizados de pagar uma fortuna por algo que vc pode encontrar com qualidade igual e a vezes superior por um valor muito mais em conta.
avatar
Dessabelle em 23 de outubro de 2013 às 12:18:26»
Li em algum lugar o comentário de alguém que escreveu algo +- assim: "Brasileiro gosta de falar o quanto pagou caro por algo..."(Comentando sobre a história do tal vídeo game) E é verdade, pode até ter esse povo que reclama na internet e tals, mais quando sair por aqui o console, o povo vai correndo comprar e ainda sai dizendo com orgulho: "Gastei uma nota no meu ps4" Como esse povo que compra celular de ultima geração, sai dizendo o quanto foi caro mais não sabe usar metade das funções(e nunca saberá, provavelmente nem ficara sabendo que existe). Eu me orgulho é de sair pra comprar uma roupa(calçado/etc)e achar algo "bom e barato" e acho totalmente sem sentido alguém pagar 3 mil por um par de sapatos cuja qualidade é a mesma do sapato que paguei 30 reais. Provavelmente devo ser maluca, mas, enfim, concordo com o ponto de vista do cara, acho que o povo vai comprar bem faceiro o ps4 e isso é só mais uma polemicazinha de internet básica, daqui a pouco ninguém mais lembra.
avatar
headbanger em 23 de outubro de 2013 às 11:53:31»
Faltou mencionar que nos países escandinavos a população paga essa alta carga de impostos, mas tem sáude, educação e infra-estrutura de qualidade e de graça.

Tanto é que incentivam a imigração, pois as pessoas de lá tem escolaridade de mais para realizar tarefas simples.
avatar
xandy46 em 23 de outubro de 2013 às 11:46:56»
“é com o dinheiro dos impostos que se constrói estradas, escolas, hospitais...”

Onde é que estão estas obras?

O problema nem é a alta carga tributária, o problema é que ela não é aplicada em benefício de quem paga impostos e sim para comprar votos. Outro problema é a quantidade de tributos que cria funis por onde o dinheiro some. O imposto único resolveria todos estes problemas. ma
avatar
Fabio em 23 de outubro de 2013 às 11:24:35»
por menos de 4000 reais eu ja vi fusca bem conservado aqui na minha cidade...
avatar
Confortably Numb em 23 de outubro de 2013 às 10:58:38»
Concordo com o Moon na parte do martelinho...
Só que esse papo de reforma tributária ja é mais antiga que eu (tenho 26 anos), porém nunca teve apoio popular, sempre foi do empresariado.
O Brasileiro comum sempre pagou muitos impostos sem saber o que estava pagando e pra onde isso tava indo. Talves com pressão popular consigamos alguma coisa sim, principalmente se soubermos onde bater o martelinho.
Na administração publica a conta gastos X arrecadação tem que fechar, não pode sobrar dinheiro. Por isso nosso governo enfia gastos públicos onde puder e bem entender, pois ele precisa justificar pra onde vai nossa arrecadação que só aumenta todo ano. Se eles não gastam o que arrecadam, os impostos têm que diminuir. Acho que aqui o brasileiro peca, não fiscalizar o que os políticos fazem com essa grana, essa farra dos gastos do governo que deveria ser mais atacada pelo povo. rolleyes
avatar
Elbereth em 23 de outubro de 2013 às 10:50:20»
Eu tenho acompanhado o rolo do PS4. O fato é que o Xbox, que custa praticamente a mesma coisa nos EUA (acho que são 100 dólares A MAIS) vai custar mais barato aqui no Brasil, pouco mais de 2k.
Isso mostra que não podem ser só os impostos que estão aumentando o preço do ps4. Já vi contas e demonstrações tributárias refutando essa argumentação.
Uma tese era de que brasileiros são uma praga em jogos multiplayer. Verdade, mas duvido que a Sony se preocupe de verdade com isso.

O argumento mais lógico que já vi até agora a justificar o preço é a recente inauguração de uma fábrica, no Brasil, capaz de fabricar o ps3, em Manaus. Se o ps4 viesse ao Brasil com preço competitivo, próximo ao do xbox, poderia canibalizar o mercado do ps3, e fazer com que o investimento feito para a instalação da fábrica não valha a pena. Então, por algum tempo, vão deixar esse preço absurdo, aproveitando pra criticar os impostos brasileiros e, depois, talvez mesmo adaptar a fábrica pra produzir ps4.

Mas, de fato, é absurda a carga tributária brasileira. Trabalho com contratos mercantis internacionais e quando informamos os valores tributários, os estrangeiros sempre se surpreendem. Já ouvi demais "nenhum outro país com que negociamos é confuso e caro assim!".
avatar
Moonwalker em 23 de outubro de 2013 às 10:38:47»
Eu não sou folgado, mas não entro nessa de mudanças. Isso não adianta nada. Igual hoje, paguei quase três reais por litro ao abastecer o carro, e vim trabalhar pensando que devido a minhas necessidades pessoais, vou continuar trabalhando de carro mesmo que a gasolina custe 5,00 por litro.
Conformismo? Pode ser. Mas é um conformismo atrelado a uma consciência de que não adianta tentar derrubar uma estátua de ferro usando um martelinho. E sem essa de que se fossem vários martelinhos, a estátua poderia ser derrubada. Os protestos que acontecem no Brasil mostram que a maioria das pessoas que tem martelo quer mesmo é quebrar as coisas em volta da estátua, e não derruba-la.
Francisco Jose Ferrero em 23 de outubro de 2013 às 10:04:16»
Honestamente, fiquei surpreso ao assistir um video da ultima vez que Jango fez um discurso antes do golpe. O discurso não poderia ser mais atual, reforma tributaria, reforma agraria etc. Mudam as peças do jogo mas não muda o tabuleiro.
avatar
Politico Honesto em 23 de outubro de 2013 às 09:51:17»
Por razões como essa que apelam para a pirataria. Se bem que os verdadeiros "piratas" são outros.
avatar
Politico Honesto em 23 de outubro de 2013 às 09:35:29»
Vi essas piadas, outro dia. Aliás, a maior piada é essa altíssima (absurda, para ser mais claro) carga tributária. Também não levo fé nessas campanhas online, mesmo porque o desejo de se fazer uma reforma tributária no país é bastante antigo. Se o movimento ganhar as ruas, por outro lado, talvez seja diferente.