Faça o seu comentário

:

:







Comentários

luan em 23 de fevereiro de 2016 às 16:13:16»
sou luan 23 anos moro en guarulhos meu Sap...11986398403
L!$@ em 28 de outubro de 2014 às 08:50:16»
Hora, hora hora, grande maioria contra, mas quando velhos pagam prostitutas para o mesmo é normal? Hipocrisia total, por mais que negamos a mulher ainda não se iguala ao homem em nossa sociedade, ainda falta muito... Elas mesmas ainda tem preconceitos, outro exemplo é traição, para a nossa sociedade, um homem trair uma mulher é normal, grande maioria perdoa e continua vivendo, mas se a mulher trair o homem é chamada de tudo quanto não presta, até mesmo por outras mulheres...
Pronto falei.
Ricardo Lima em 27 de outubro de 2014 às 11:00:30»
Estou escrevendo só para agradecer a Haiduqque pela sua sabedoria, tolerância e moderação. Obrigado!
Oscar Maroni explica em 24 de outubro de 2014 às 15:32:41»
Acredito que trata-se de sexo puro, fetichista, digo mais, conversando com um amigo que mora na Europa posso afirmar que isso acontece também com as jovens. Sempre houve esse turismo sexual entre europeias e africanos. "Loira" gosta de "negão", gosta dos atributos sexuais deles, basta dar uma vasculhada em sites pornôs, só é o que tem, vídeos amadores de "loirinha" e "negão". Não é uma declaração machista, muito pelo contrário, como o homem que gosta de mulheres com peitões e bundas avantajadas, mulher também gosta de corpos bem definias e de p*** grande, no primeiro momento muitas vão ter o pudor de negar, mas nada como a ousadia da juventude, a experiência da idade ou o álcool mesmo para liberar o ID de cada uma delas
alberto29 em 24 de outubro de 2014 às 14:42:48»
Sociedade patriarcal na África onde homens morrem na gueera ou pra extrair diamantes pra mulheres ganharem de presente na Europa.
Homem sempre é oprimido,só que a sociedade só vê o lado das mulheres.
Boa parte da grana dessas senhoras deve vir de um casamento com rico
Andre Goulart em 24 de outubro de 2014 às 12:42:36»
Alguns comentários feitos aqui demonstram que pessoas tem um falso pudor ou uma descarada hipocrisia social. Cito especialmente a pudica Semíramis, que ou deve ser uma balzaquiana assexuada ou uma mulher mais jovem que acredita que sexo só para procriar. No offense! Mas precisa cair na real!
Vamos lá entender um pouco o lado africano! Sociedade patriarcal, com características de tradições tribais profundamente arraigadas no cotidiano tais como o fato que a mulher não tem voz ativa e nem valor social. A sociedade privilegia a autoridade masculina. Mesmo hoje a maioria das mulheres sofre castração do clítoris para que não tenha prazer e por consequência não traia o marido. Casamentos são arranjados a conveniência da família da noiva que cobra um certo dote econômico do pretendente. Quando as famílias são pobres serve qualquer coisa, um celular, um relógio, uma quantia em dinheiro, coisas assim. Com o passar do tempo o sujeito acaba casando com mais uma, por que sabe que a esposa fica sozinha o tempo todo enquanto ele sai para arrumar o sustento. Aqui devemos fazer um parentese para chamar a atenção do seguinte fato: O homem por ter que dar conta de mais de uma mulher, há séculos é criado e estimulado a ser viril e ter um pênis de tamanho acima do normal! Ou seja virou uma característica genética o pênis grande africano! Mas não é só ele que tem certas características, a mulher tem uma das maiores vaginas do planeta, com um traseiro e cintura idem para ser boa parideira, é isso mesmo ela sabe que é importante ser mãe nessa sociedade e ter filhos com facilidade! Assim o cara mesmo pobre que nem um rato, é um tremendo pegador pois por obrigação satisfaz-se com as suas mulheres todos os dias!
Agora vamos entender o caso das europeias estarem indo lá doidinhas por sexo! Alguém em alguma epóca percebeu isto e percebeu a coisa. O que melhor para satisfazer uma mulher de certa idade, sem amor, com auto-estima em baixa, obesa, carente de amor e sexo? Um homem africano, viril e com pênis grande! Insaciável! Disposto e...obediente e até ingênuo como criança em suas atitudes. Isto mesmo apesar dos dotes o que mais agrada as mulheres é uma certa bondade latente no jeito de ser destes homens. Apesar de saberem que fazem isto por dinheiro, as mulheres sabem que eles usam isto para proporcionar bem estar as suas famílias. Não usam drogas e nem são agressivos!
Muitas delas, já passaram pelo Brasil e outros países da América latina, mas sofreram na mão de aproveitadores que as roubaram e em alguns casos até agrediram!
Triste mas é verdade! Ambos homens e mulheres estão se ajudando! Elas se sentem felizes e satisfeitas sexualmente como nunca foram! E eles resolvem um grave problema da sociedade local: A falta de empregos! E o melhor é que eles sabem que elas voltarão sempre!
Davi em 24 de outubro de 2014 às 09:53:06»
É a profissão mais antiga da humanidade, quem se importa se é homem ou mulher?
avatar
Marya em 24 de outubro de 2014 às 04:19:52»
Eles são prostitutos?
Tÿr em 24 de outubro de 2014 às 00:36:49»
É, Haiduqque. Faltou um botão 'like' aqui.
Não ando com espírito de síntese ultimamente, mas é bem por ai.
avatar
Haiduqque em 23 de outubro de 2014 às 22:52:58»
Por esta vez, discordo totalmente da Semiramis.
Simbiose não pode ser criticável nem pode estar sujeita à aceitação e aprovação de terceiros, muito menos de estranhos que vivem a milhares de quilómetros de distância. A moralidade alheia nunca é bem vinda nem prestável.
Dar dinheiro e receber sexo, dar juventude e receber status social, dar inteligência e receber beleza, são trocas que há muito fazem parte das relações humanas.
E falar em dignidade é sempre mais útil se aplicada ao trabalho, quando este não é devidamente remunerado e é executado sem condições por alguém que, sem outra saída, apenas o faz por razões de sobrevivência.
avatar
sol em 23 de outubro de 2014 às 21:58:45»
O post mostra que há solidão e carência dos dois lados.
Não sei dizer se um usa e outro é usado pq ambos tem objetivos definidos para viver essa situação. Dinheiro para um e companhia para diminuir a solidão para outro.
E sexo nesses casos, não tem nada a ver com amor. O amor é só fantasia de poucos dias.
Tÿr em 23 de outubro de 2014 às 21:24:54»
Mas eu nem contei a parte do espanador...
avatar
Semiramis em 23 de outubro de 2014 às 21:00:12»
É triste saber a que ponto chega a espécie humana. Umas pagam para trepar, outros recebem para o mesmo. Mulheres sem dignidade, que se odeiam, deveriam se matar. E homens que se sujeitam a ser pagos para trepar em quem não gostam deveriam enfiar a cabeça na areia e nunca mais retirá-la. Papai do céu, pare o planeta que eu quero descer. já estou cheia de tanta podridão.
ma ma ma ma ma
Tÿr em 23 de outubro de 2014 às 19:04:52»
(¬L¬) Se eu contasse as quiacas que já passei...
Elson Antonio Gomes em 23 de outubro de 2014 às 18:56:07»
É, os quenianos são corajosos.