Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Brazuka em 23 de julho de 2016 às 10:58:48»
Verdadeiras obras de arte de Pis Saro porém, houveram épocas no passado, aonde tais obras eram literalmente arrancadas das carnes de suas vítimas, para satisfazer o prazer e o sadismo macabro dos seus malditos algozes.

"Frau Ilse Koch (apelidada de Cadela de Buchenwald) foi esposa de “Karl-Otto Koch” (comandante do campo de concentração nazista de Buchenwald), ela era uma sádica mulher que tinha poder de vida ou morte sobre os prisioneiros.

Essa mulher tinha estranhos caprichos que custavam, muitas vezes, as vidas dos prisioneiros. Eles eram mortos e suas peles eram retiradas e entregues para Frau que por sua vez criava peças decorativas para sua casa. Há relatos que ela criava abajures com a pele do rosto de alguns judeus.

"Ordenou-se a todos os prisioneiros com tatuagens que comparecessem a um dispensário aonde depois de examinados, eram mortos por meio de injeções os que tivessem melhores e mais artísticos desenhos (tatuados). Os cadáveres eram depois enviados ao departamento patológico, onde eram tiradas as àreas desejadas de pele tatuada, que recebia certo tratamento.

Os produtos eram depois de prontos entreges à esposa de Koch, que com eles mandava fazer abajures e outros ornamentos para casa"

A ditadura de Fulgencio Batista na Cuba, de 1952 a 1958, que precipitou o advento da Revolução Cubana, também usou tais métodos macabros contra seus indefesos e por vezes inocentes prisioneiros tatuados.

Saiba mais:

http://hattersb.blogspot.co...