Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Grilofalante em 14 de agosto de 2016 às 11:48:38»
Os efeitos do álcool no organismo e na consciência são cumulativos. Aind, fazem se sentir de uma geração a outra perpetuando-se nos filhos e gerações (vejam alterações genéticas e epigenéticas) .A chamada " barriga de cerveja" nada mais é que o resultado da redução de hormônios masculinos, pois é de muito conhecido os efeitos do álcool nas glândulas sexuais.O homem ao longo do tempo acaba desenvolvendo mamas e uma distribuição feminina de gorduras. Sem contar que tecidos de órgãos como fígado, cérebro, etc., vão sendo substituídos por cartilagens inúteis.Para parar com o consumo (de álcool e drogas) convém se afastar de "amizades" formadas por estas afinidades.A repetição de movimentos mecânicos (encher e levantar copos) pode ser substituída por agua ou suco ( não estou brincando) É necessário também, compreender as razões para a sustentação de hábitos mecânicos e contrapo-los com um objetivo transcendental.A consciência pessoal é uma manifestação da Divindade em nós.Álcool e drogas a diminuem fazendo-nos perdê-la e com isto nosso contato com algo superior.Mas as pessoas fazem culto ao que às derrota e não ao que as eleva, ainda que fosse um ideal( lembro de um gerente de empresa que parou de beber quando ouviu seus filhos pequenos exclamarem entre si : "O pai tá bêbado".Já somos tontos sem o uso destas substâncias: não sabemos o que comemos ontem, onde deixamos as chaves do carro minutos atrás ,etc. Se não temos força para romper hábitos nocivos devemos pedir à Fonte da vida em si.Espero que o que escrevo não seja interpretado como sendo de caráter moralizante, pois não é este o propósito.
FERRERO em 13 de agosto de 2016 às 09:21:38»
Me chamou a atenção o trecho: "Segundo seus próprios habitantes, existe algo bem como uma dupla moral na Finlândia: por um lado não há problema em que você encha a cara a cada fim de semana, já que caso contrário, você não é um autêntico homem. Se alguém não bebe, recebe as pressões do restante. Mas sim essa pessoa começa a sofrer problemas com o álcool, então é abandonado e assinalado como um perdedor,"
Eu não bebo e não gosto de futebol, então sei bem o que é isso.
Igor T em 12 de agosto de 2016 às 23:51:37»
É inimaginável para nós brasileiros passar 51 dias sem luz do sol. Nessa situação é difícil lidar com o álcool.