Faça o seu comentário

:

:







Comentários

doida.com em 21 de fevereiro de 2010 às 17:37:38»
que história emocionante...
Alvinha em 30 de janeiro de 2010 às 16:59:54»
fim triste sad
mina em 20 de novembro de 2009 às 15:16:15»
final mto triste.
.(Rebecca Rosenbaum). em 17 de fevereiro de 2009 às 14:26:31»
O michael rosenbaum combate! ;DD'~
avatar
andrewmat em 17 de fevereiro de 2009 às 14:10:19»
coitadas, imagina como foi a vida delas(e a morte tbm):

passou a vida inteira grudadas(literralmente), e depois, quando uma morreu,a outra ficou vendo, sabendo que as suas horas já estavam acabando tbm.
isso é triste
Lauro do EB em 17 de fevereiro de 2009 às 10:57:43»
tem certas coisas que pagaria pra não saber, esta é uma delas. Que final de vida mais desgraçado!!
Ju*U em 17 de fevereiro de 2009 às 00:21:00»
nunca chego a tempo de ser o 1º....
avatar
Mih em 17 de fevereiro de 2009 às 00:09:18»
Guerreiras...!! clap wink
avatar
msp1500 em 16 de fevereiro de 2009 às 22:00:55»
Infelizmente tiveram um final muito triste mas necessário prá época e pelos padrões da medicina do início do século XX.
avatar
Lombradinho em 16 de fevereiro de 2009 às 20:28:34»
Kara prometo Amor Eterno assim prá Portuguesa por toda a Eternidade também!
Quero minha alminha sempre ligada à dela por toda Eternidade.
Num sei se ela vai topar um vagabundo como eu colado nela o tempo todo!
Porra, assim já é demais e a tuguinha num merece!
Esquece, tá? fool fool fool fool
avatar
Lombradinho em 16 de fevereiro de 2009 às 20:25:53»
Cara que tópico triste!
Acabei chorando, pode crê!
Isto foi jura de amor numa vida passada que as uniu por toda a Eternidade!
Post maneiraço mermo!
Nota 10000000 pro Admin! sad sad sad clap clap clap clap
avatar
Marya em 16 de fevereiro de 2009 às 20:21:57»
Ldasq,
cada amigo que você tem, credo. rolleyes
Maria de Portugal em 16 de fevereiro de 2009 às 19:19:43»
Bravo Evil,
Essa é demais.
avatar
Evil em 16 de fevereiro de 2009 às 19:11:01»
Maria de Portugal, tenho um amigo que tem chulé só no pé esquerdo... eek

Perguntei por que e o gajo respondeu-me:

É que desde pequenito, lá onde eu vivia trás-os-montes, minha mãezinha dizia: Lava esse pé direito menino...!!!
twisted lol
Maria de Portugal em 16 de fevereiro de 2009 às 19:05:49»
Portuguesa,
Melheri, num tinerves carago.
Chegou o maridinho para dar miminhos amanhã já tou melhor.

Jocas.
avatar
Evy em 16 de fevereiro de 2009 às 18:34:42»
Lindo e triste.
Deus não nos dá nada que não somos capazes de tolerar, esse é apenas um entre os inúmeros casos de pessoas que, apesar da deficiência, conseguem servir de exemplo.
Maria de Portugal em 16 de fevereiro de 2009 às 17:40:51»
Olá Portuguesa fôfa,

Hoje tou tão deprê, que ver estas coisa é dose.

Tamenhê o tema da castração vou-te dizer! Outra cena!
Fonix!

Vou jantar jinhos smile
Maria de Portugal em 16 de fevereiro de 2009 às 16:30:22»
Não me apetece comentar agora. sad
Beijinho Loira.
avatar
Perfect em 16 de fevereiro de 2009 às 16:10:16»
E a gente ainda reclama do que temos !
avatar
Nessa em 16 de fevereiro de 2009 às 15:05:50»
Puxa elas são realmente...bem lutadoras...lutaram até o fim...pena q teve um final triste
avatar
Alfredo em 16 de fevereiro de 2009 às 15:02:03»
Evil amigo, "pena que isto não te pertence mais..."
História triste e comovente, como a do meu amigo, que nasceu com um ferro de passar grudado na testa. Pobre dele...
Luciano Blues em 16 de fevereiro de 2009 às 14:55:42»
História realmente triste.

Falando em negras gêmeas com história [claro que não tão] triste, lembrei da dupla "Pepê e Neném".
avatar
Evil em 16 de fevereiro de 2009 às 14:34:38»
Sanddrinha... nossa...!!! Se esse olho for seu, já me apaixonei... lol clap

Loira, mais para frente, após mais alguns comments, vou te lembrar daquela história que eu já contei aqui... rolleyes
avatar
Elton em 16 de fevereiro de 2009 às 13:54:25»
puxa, uma das histórias mais tristes q eu ví...

imagina só, vc viver, sabendo q o seu irmão morto está agregado ao seu corpo, foi muita coragem pra viver por 17 Hrs assim...

q pena... cry
avatar
LoiraInteligente em 16 de fevereiro de 2009 às 13:51:38»
Meu Deus!
Taí uma coisa que sempre me perguntei. Quando um dos siameses morre porovoca a morte do outro? Não rapidamente. Que sofrimento.
Dois rouxinois numa gaiola de carne!
Ainda bem que não terei mais filhos. Seria demais doloroso ter filhos assim unidos na vida e na morte.
Ah! Fiquei muito triste. História muito tristonha...
Tantos anos e ainda comove...
avatar
Sanddrinha em 16 de fevereiro de 2009 às 13:40:32»
Nossa que sofrimento...