Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Página 1 de 2 (66 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | | Última | Prox. »

Alvinha em 26 de janeiro de 2010 às 14:13:31»
Pois é tem mulher que quando vai denuncoar ,volta se arrepende e quer retirar denuncia volta pro marido finge ser um casal feliz depois volta a sulipa,tem mulher que conhece homens que não presta que fez coisa terrivei e não denunciam,outra se fazem de coitada reclamam,dizem que procuram ajuda e nem procuram se ajudar.
mayara em 11 de junho de 2009 às 16:43:48»
nossa que burriceeeee
Gih #) em 08 de maio de 2009 às 16:49:08»
que triste , o mais as autoridades tem q fazer pra acabar com isso.?
J3 em 30 de abril de 2009 às 20:12:49»
Nas duas últimas há ossos quebrados (no polegar e no meio do pé, perto das ''letrinhas'' brancas) smile
Brazzuccavalheiro em 27 de abril de 2009 às 05:02:19»
Não percebi a menssagem das 2 últimas do raio-x...

Talves seja o fato de ter ter as correntinhas e anel com um pingente de coração, quando não pode usar nada metálico e seja justamente a combinação de amor e raio-x, que só é feio quando acontece algo ruim...
Rener em 25 de abril de 2009 às 08:40:59»
A lei Maria da Penha tem ótimas intenções. Pra quem já trabalhou na polícia civil, como eu, sabe que é infinitamente menor os casos de agressão de mulheres contra homens e digo mais, o cara que apanha de mulher tem algum conflito psicológico, pois é evidente que a força física é desproporcional. A mulher utiliza-se mais da chantagem emocional e financeira, mas é um questão de se aperfeiçoar as leis e não é atacando a lei Maria da Penha que vão resolver isso. A lei da guarda compartilhada já existe no Brasil, para quem tiver interesse em saber mais. Eu digo que é muito comum agressões de homens contra mulheres, mas tenho a percepção de que está diminuindo. O alcoolismo está entre as principais causas de agressão de homens contra mulheres no Brasil, também tem o machismo e o cíumes doentio. A lei é boa, antes a mulher ia na Delegacia, registrava o boletim de ocorrência e voltava para casa, daí apanhava mais e era obrigada pelo marido a retornar a Delegacia e retirar a "queixa". Hoje em dia, pela lei Maria da Penha, uma vez registrada a ocorrência, somente no Fórum, em audiência judicial se pode dar fim a tal reclamação. Antes também era comum o juiz condenar o agressor ao pagamento de uma cesta básica, o que não resolvia o problema, hoje já não pode mais, foram criadas outras soluções, inclusive com o afastamento definitivo do agressor do lar. É claro que a lei não é perfeita, mas é boa e para quem disse que a constituição prevê que todos são iguais perante a lei, é bom lembrar que uma criança de dez anos não é julgada igual a um adulto de 25 anos por exemplo. Aristóteles já ensinava que a verdadeira igualdade, que almeja primordialmente a dignidade da pessoa humana, consiste em tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais. Rui Barbosa: “A regra da igualdade não consiste senão em aquinhoar desigualmente os desiguais, na medida em que se desigualam. Tratar com desigualdade a iguais ou desiguais com igualdade seria desigualdade flagrante e não igualdade real.” Resumindo, se a mulher e o homem tivessem a mesma força física, logicamente a mulher poderia se defender em igualdade de condições, o que não ocorre na vida real, ou seja, não se pode aplicar o princípio da igualdade em flagrante desigualdade entre as partes. seria mais desigualdade ainda.
Charlles em 24 de abril de 2009 às 22:14:35»
A caveira na mancha da mulher com um lenço azul foi próprosital?
avatar
LoiraInteligente em 24 de abril de 2009 às 12:25:31»
Mih,

Seu comentário foi muito feliz e completou a indignação dos meninos com a referida lei.
De fato há muito excesssos. Algumas mulheres tem o dom de matar a paciência dos homens e leva-los á loucura. Loucura essa traduzida em violência e até morte. Contudo é preciso lembrar que homens e mulheres precisam, como o Loroloko escreveu, lembrar que o outro não é propriedade. A posse muitas vezes gera esse sentimento do tudo possível. A bebida é talvez a maior causadora da violência doméstica, seguida da droga, do ciúme e do fator econômico. Se as pessoas entendessem que um deve cuidar da felicidade do outro, certamente jamais haveria o primeiro tapa. Afinal, masoquista são poucos.
Um abração
avatar
Evandro Eloy em 24 de abril de 2009 às 09:01:47»
Bem... Fiquei a imaginar agora, depois da explicação do Ruby...que a ameaça que a Portuguesa está a me fazer é no máximo...me prender e fazer cosquinhas...rsrsrsrsrs LOOOOOOLLL
avatar
Moleke em 24 de abril de 2009 às 07:55:21»
Nelson....
Não precisa ficar preocupado, ela ja falou que não é o eu pensei que poderia ser cortado...Relaxa...
avatar
Moleke em 24 de abril de 2009 às 07:43:49»
Ola Ruby..
Brigadão por querer esclarecer "lol",,,mas minha resposta de ignorante foi para aquele manelão do critico, que so sabe escrever palavrão para aparecer,porque não tem capacidade de fazer um comentario serio ou divertido sem querer ofender ou provocar.
avatar
NelsonCosta em 24 de abril de 2009 às 03:58:24»
Portuguinha, mas podes bater sim..
eu deixo. mas com jeitinho! redface biggrin

quanto aquilo que dizes que me cortas, certamente te referes ao cabelo não é? mrgreen
avatar
Mih em 24 de abril de 2009 às 00:28:44»
Concordo com o Evil. Fez?Leva...!!
Agora vamos e viemos...Tem mulher que não presta,
leva o cara ao extremo mesmo...Provoca,a tal ponto que acaba apanhando.
Ja vi situações do tipo,tem cara que guenta,sai e vai pro bar beber e acaba batendo em homem mesmo,mas tem aquele que nao guenta,esfola a mulher todinha.
Não sou a favor de mulher apanhar,jamais,afinal sou mulher.Mas que tem umas que merecem,aaa tem sim!
Não quer apanhar,não leve o homem ao extremo!

Agora em casos que a mulher fica na dela,não provoca e apanha mesmo assim?!!Esse tem que levar chumbo mesmo.Enfim,das duas maneiras,o cara fez,leva!
avatar
Moleke em 23 de abril de 2009 às 21:25:17»
Ah...ta ..eu não tinha entendido...mas como voce pelo jeito entende é porque ja tomou muito disso. Falou ....e detalhe não te perguntei porr..nenhuma..mané
avatar
CriticoBr em 23 de abril de 2009 às 20:58:35»
Na verdade ela botou errado Moleke, não é lol e sim olo pra vc!!!
avatar
Moleke em 23 de abril de 2009 às 20:41:31»
Portuguesa...
Voce falou para evandroeloy..mas entendi tambem...nem vou mais falar nada..mesmo que eu veja ao vivo...vai que me venha esse tal de "lol" que nem imagino o que seja...mas deve ser perigoso.
Pode arrancar o que quiser do cara..mesmo eu vendo eu juro que não vi nada
avatar
CriticoBr em 23 de abril de 2009 às 20:39:31»
Msp1500...nossos filhos...netos...bisnetos...morrem e nada muda, lembra daquela palhaçada de desligar a luz por uma hora e tals, o que adiantou, tenho certeza que essa hora muitos que ficaram as escuras estão desperdiçando, poluindo e fuden-do o Planeta, nada muda meu amigo...so piora
avatar
msp1500 em 23 de abril de 2009 às 20:12:36»
Cara amiga Loira;
Farei uma pesquisa direcionada e assim que tiver em mãos, te passo, certo?
avatar
LoiraInteligente em 23 de abril de 2009 às 20:08:04»
Msp,

Embora haja lei que puna vários tipos de agressão, a doméstica não está comtemplada pela lei. Quando há envolvimento emocional é sempre difícil fazer qualquer tipo de punição.
Ainda defendo a eficácia dessa lei específica para a violência doméstica pois é sem dúvida a única forma de salvar muitas mulheres e crianças.
Quando há violência da mulher para com o homem ( que é bem mais branda), está também se usando a mesma lei por ser o mesmo crime.
Não acredito que ela vá perder sua eficácia porque alguns magistrados tem um entendimento em contrário.
Gostaria de saber o nome desses iluminados magistrados...
avatar
Evandro Eloy em 23 de abril de 2009 às 20:07:04»
Tuga e Nelson, (tô íntimo Nelson, veja o Tuguinha) não é intimidade...é respeito, estou recebendo ameaças...seguidas de um lool, rsrsrsrs
Vai que sobra pau de macarrão pra mim?
avatar
Evandro Eloy em 23 de abril de 2009 às 20:01:16»
Msp, muito bom seu comentário, creio sim e talvez você que tem mais experiência no assunto deva reconhecer que temos muitas leis, e nestas muitas leis...inúmeras brechas, benefícios... Bastaria uma constituição enxuta tipo a dos EUA e seguirmos que não precisaríamos desta nossa constituição "cidadã".
Temos leis que revogam leis, leis por cima de leis, e brechas usadas para burlar a lei.
avatar
msp1500 em 23 de abril de 2009 às 20:00:58»
Crítico;
Eu sei, e como voc~e, em certos momentos até eu chego a duvidar e desacreditar de certas coisas, mas num estado jurídico de direito, temos os instrumentos corretos a serem recorridos, mas infelizmente aqui no Brasil a gente não consegue acreditar muito nesses instrumentos legais, levando até mesmo a acreditarmos (ou termos a sensação) de impunidade total.
Em certos momentos eu sei que dá vontade de "chutar o pau da barraca", mas na realidade, cabe a nós torcer para que um dia esses instrumentos jurídicos realmente funcionem de acordo.
avatar
Moleke em 23 de abril de 2009 às 19:58:44»
Potuguesa...
Não estou de acusando de nada..porque voce nada fez..so levantou uma possibilidade...e se ele te fizer mal...não corte nada...manda para a cana...
E não tenho mente suja....so uma mente alerta.....
avatar
msp1500 em 23 de abril de 2009 às 19:57:48»
Com certeza, acredito que muito em breve essa discussão virá à tona e com uma grande probabilidade de ser revista a atual situação.
avatar
Moleke em 23 de abril de 2009 às 19:52:04»
msp1500
Não considero intromissão sua, ate agradeço, pois não sou muito em ficar procurando detalhes de leis, a não ser de um modo superficial,sou apenas um cidadão comum.
Mas como acabou de esclarecer,tem magistrados que estão revendo essa lei,que talvez esteja em contrario a igualidade da lei.
Agressões devem ser tratadas e punidas de igual para igual.
avatar
CriticoBr em 23 de abril de 2009 às 19:45:18»
Sistema judiciário, carcerário e penal eficiente aqui no Brasil??? pelo jeito vai ter muita mulher levando porrada de animais e homem sendo chantagiado por piranha!!!
avatar
msp1500 em 23 de abril de 2009 às 19:29:23»
Evandroeloy, Crítico e Moleke;
Tô gostando muito do nível da discussão, e modéstia a parte, tenho certo conhecimento da área, e acontece o seguinte:
Certos magistrados já estão levantando hipóteses acerca da inconstitucionalidade da Lei Maria da Penha, e minha linha de raciocínio coaduna com esse pensamento, uma vez que a própria constituição afirma que todos devem ser iguais perante a lei.
Quanto às agressões, que eu condeno piamente, tanto as sofridas por mulheres ou por homens, já existe lei que prevê o crime, amplamente exposta no Código Penal Brasileiro.
Essas tipificações de crimes (porque são vários, lesão leve média, grave, gravíssima; agressão, insultos, agressões verbais, etc.), sendo que cada caso deve ser tipificado conforme a situação apresentada, já tem a cominação legal prevista para todos, não distinguindo o sexo.
Por isso, na minha opinião, e já levantada por alguns (e algumas) magistrados, a lei Maria da penha vai de encontro ao dispositivo constitucional, além do que, já existe legislação específica. Portanto, não haveria necessidade da existência dela, bastaria um sistema judiciário, carcerário e penal eficiente, para exterminar as aberrações que acontecem, e que são descritas como violência doméstica.
Desculpem-me a minha intromissão, mas achei que seria bom emitir esse meu parecer.
avatar
Moleke em 23 de abril de 2009 às 19:15:12»
Portuguesa...
Por via das duvidas so estava alertando ....Assim ele faz ou não, logo o que voce quer....correr risco pra que?
avatar
Moleke em 23 de abril de 2009 às 19:05:58»
Evandroeloy
Em outro post a Portuguesa diz que ele corre o risco de ser vasectominado radicalmente se ele fizer não ou fizer não sei o que....
Poxa ..tou com do desse Nelson..
avatar
Evandro Eloy em 23 de abril de 2009 às 18:49:39»
Quanto a agressão recebida de mulher, temos o código civil e ele mesmo prevê estas agressões, não temos uma lei "Zé da Penha", mas temos leis que tratam disto:
Mas a pergunta é: Temos leis no Brasil...

Mas pra quem? Pra todos? Com a palavra quem quiser...pois acredito que nunca seremos iguais perante a lei, se tivermos tratamento privilegiados para quem tem canudo, quem for banqueiro, quem é parlamentar...os "Cambáu"!
avatar
Evandro Eloy em 23 de abril de 2009 às 18:46:21»
Nelson amigo, somos solidários a você...sabemos que se sente mal por não poder externar o que sente pelas agressões recebidas da Portuguesa...KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
avatar
Moleke em 23 de abril de 2009 às 17:59:53»
Ai cara agora tou contigo...Tem caso de mulher que trata o marido pior que cachorro..mas ai ele tem que ser homem e denunciar tambem...não encher ela de porrada...se fizer isso... mesmo certo ele se fo.....
avatar
CriticoBr em 23 de abril de 2009 às 17:34:51»
A verdade que a lei defende muito as mulheres, e algumas...eu disse algumas se aproveitam disso, o Nelson agora disse tudo, e quando é i inverso??
avatar
NelsonCosta em 23 de abril de 2009 às 17:22:43»
e quanto ao homens que são agredidos por mulheres?
apesar de ser em menor número tb os há..
são é xingados se denunciarem os seus casos.
a maioria prefere manter o silêncio.
avatar
Moleke em 23 de abril de 2009 às 17:18:01»
Ai...se falei foi porque ele falou besteira da lei...posso não tirar a razão do amigo que se juntou com uma piranha...mas dai ele se doer e falar rebaixando uma conquista das mulheres e direito ..é outra conversa.
avatar
Evandro Eloy em 23 de abril de 2009 às 17:12:08»
Moleke, realmente o Crítico tem razão... a muita gente que se aproveitam de leis que deixam a desejar, mas, Crítico, este não é o caso da Lei Maria da Penha, você chamou de Piranha uma lei que tem o princípio base proteger. Vejo sua indignação quanto ao caso de seu amigo, mas não se deve a lei em si, mas a atitude errônea da "piranha" da mulher dele e dos investigadores que não fizeram seu trabalho.
A lei prevê casos assim, em que a auto-mutilação é notável, mas cabe aos policiais investigarem.
Quanto ao perguntar antes...como o fez a Loira inteligente, não o fiz pois você deixou claro que a "piranha" em questão era a Lei Maria da Penha, e não a "piranha" de seu amigo...rsrsrsrsrs
avatar
Moleke em 23 de abril de 2009 às 17:02:17»
Putz...la vem o cara....se liga...bem que posso ser o pai do filho de sua mãe...
avatar
CriticoBr em 23 de abril de 2009 às 16:46:24»
Hum Moleke...realmente faz juz ao seu nick Ooo virgensão
avatar
Moleke em 23 de abril de 2009 às 16:05:20»
Não adianta espernear tapado.....Ta se doendo pelo chifre de outro...que deve ser um tapado igual.
avatar
CriticoBr em 23 de abril de 2009 às 15:28:02»
Estou me referindo a um caso a parte, tem uma amigo meu que foi casado com uma mulher e o filho dele ainda pequeno no qual esta com ela, é usado em chantagens constantemente para ele encher o rabo dela de dinheiro, e no final ele sempre chantagiado e com os nervos a flor da pele, ainda sim agredido, a cadela ainda sim se cortou am casa e botou ele na outra cadela...a Maria da Penha, então oooo conhecido, antes de julgar, faça como a Loira Inteligente, pergunte antes
avatar
Evandro Eloy em 23 de abril de 2009 às 09:54:29»
Vendo a pergunta da Loira no primeiro comentário...e vendo alguns comentários...vejo que infelizmente ainda teremos que tentar educar a alguns, por moooooooito tempo!
avatar
Evandro Eloy em 23 de abril de 2009 às 09:52:40»
A "cadela" em questão...meu amigo, está numa cadeira de rodas quando ainda "deve" estar feliz, pois o maridão dela queria vê-la morta, como assistente social não posso tornar-me impassível com teu comentário amigo, pois estás sendo machista e preconceituoso.
Se algum dia alguma mulher merecer apanhar...se separem, pois não merece que fiquem juntos...
Aquela que "um tapinha não doi"... é só pra vender cds de muito mal gosto!
Luciano Blues em 23 de abril de 2009 às 08:17:51»
Todo homem que se preza sabe como bater numa mulher... numa deliciosa guerra de travesseiros.
Mesthor em 23 de abril de 2009 às 00:50:16»
A melhor de todas: Ele nao quebrou somente seu coração...
avatar
LoiraInteligente em 22 de abril de 2009 às 23:40:25»
Crítico Br,

Tudo bem?
Não entendi seu comentário.
Um abraço amigo
avatar
CriticoBr em 22 de abril de 2009 às 23:22:25»
O mal que algumas mulheres se aproveitam para por na piranha da lei Maria da Penha...tudo agora elas enchem a boca pra falar o nome dessa cadela
avatar
LoiraInteligente em 22 de abril de 2009 às 23:16:46»
Portuguesa,

Aqui no Brasil ,até bem recentimente ,homem violento denunciado ,pagava no minimo cesta básica ou prestava serviços comunitários. Isso quando a denúncia gerava um processo.
Agora há uma lei chamada "Maria da Penha", que foi uma vítima de marido agressor e virou símbolo dessa luta. Essa lei pune com cadeia e a denúncia independe da vontade da´vítima. Assim, cresceu o número de denúncias e a consequente punição. Mas, nem tudo está resolvido. Há milhares de mulheres agredidas a cada dia. Agressões físicas e verbais, as vezes econômicas e sexuais. A lei não garante ainda o final desse fragelo, que a julgar pelas fotos acima, parece ser um problema mundial, uma pena.
Creio que o Brasil, nesse caso, está sendo um bom exemplo.
avatar
Evil em 22 de abril de 2009 às 19:51:53»
Eu pelo menos, não me considero "muito safado"... mas, no fundo no fundo percebo que toda mulher tem um procedimento diferente do homem...
O homem por ser polígamo consegue relacionar-se com mais de uma ao mesmo tempo... Nem sempre dá certo... lol
A mulher, até quando trai... é com um só... É monógama por natureza. E quando desiste de um e tenta outro, é meramente uma nova tentativa... rolleyes sha
Então, para todas... mães, esposas, amantes, namoradas, ficantes... vai aquí um mimo...
Ah... se não fossem vocês...
.

.
avatar
msp1500 em 22 de abril de 2009 às 19:50:10»
Evil;
Tenho conhecimento na área de segurança pública, e posso lhe afirmar que o tratamento que recebem é realmente idêntico, sim.
Gustavo em 22 de abril de 2009 às 19:23:31»
Não deveria ter necessidade de nenhuma campanha! Tem porque ainda tem gente que acha que pode bater em gente ou animal! Sempre é um ato covarde, que nós homens devemos repugnar até a alma. Eu não tenho e nunca teria um amigo que agride.
É obrigação de cada homem, fazer e divulgar campanhas contra a violência com mulheres, crianças e animais! Infelizmente certos machos só ouvem outro macho e acha que as reclamações femininas são frescuras
Página 1 de 2 (66 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | | Última | Prox. »