Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Fuckthatshit xD em 29 de setembro de 2009 às 09:14:39»
Tem qe descobrir logo a cura'
camisinha aperta mt ¬¬'
Hahar'
Gih #) em 27 de setembro de 2009 às 22:28:16»
aaa, é!
avatar
msp1500 em 26 de setembro de 2009 às 16:44:20»
Como um primeiro passo, estão de parabéns os cientistas, mas ainda falta muito prá chegar a um resultado 100 %.
avatar
Marya em 26 de setembro de 2009 às 12:32:21»
Deeh,

para ser bem sincera, bem sincera mesmo, mas muito sincera até demais... eu não posso achar muita coisa, quero dizer, só acharia muita coisa se eu fosse uma dessas pessoas... masss... como eu não transo rolleyes ... não posso saber o motivo real...
penso que é como o exemplo da minha empregada... agora, em se tratando de risco de morte... acho que a pessoa só vai sentir na pele mesmo o risco de morrer, quando estiver doente e com os dias contados... enquanto isso não acontece, a morte para ela não passa de uma lenda de um país bem distante...

é aquela velha história... aidético e homossexual só tem na casa do vizinho...
avatar
Deeh em 26 de setembro de 2009 às 12:16:03»
Maria, em outras palavras, você me diz que as pessoas se arriscam por pura preguiça ou por sentirem certo desconforto. Está certa, eu creio. Como já disse também, a confiança excessiva no companheiro, entre outros fatores. Agora diga, Maria, o que fazer para que as pessoas tenham um pouco mais de amor-próprio e passem a se cuidar? Eu não consigo entender por que as pessoas se arriscam tanto, enquanto existe uma solução tão simples para o problema. No caso da sua empregada,que foi um ótimo exemplo, existe um certo risco, mas nada mortal. Já a AIDS... Me pergunto por que o ser humano é tão cabeça dura quando se trata de prevenção.
Na antiguidade, os homens usavam intestino de animais para se protegerem contra as DST's da época. Agora temos algo muito mais higienico e confiável e mesmo assim as pessoas acham pretexto para não usar e se expõe a riscos desnecessariamente.
O que acha, meu bem?
avatar
Deeh em 26 de setembro de 2009 às 12:03:55»
Pois é... O 100 Nossão falou bem. Mas é difícil um casal fazer o teste de HIV. Recomendo que comecem a fazer ou só transem com camisinha. FiKDiK
avatar
Marya em 26 de setembro de 2009 às 12:00:52»
Deeh,

você quer descobrir o por quê da relutância das pessoas à usarem camisinha...

acho que eu sei... mais ou menos...

ex.: minha empregada lava o quintal descalsa, correndo o risco de ficar doente por causa da friagem que toma... então eu digo à ela: use as botas de borracha que estão no armário!... mas ela nunca usa... as vezes até usa, só as vezes... outro dia estava o maior frio e ela descalsa na água, então perguntei por quê ela não usa as botas de borracha... ela disse que é porque apertam um pouco...

não sei, acho que é porque dá trabalho ir até o armário, tirar o chinelo, colocar as botas, depois, tirar as botas, colocar o chinelo...
acho que dá muito trabalho... e existe muita preguiça...
outra coisa também é usar luvas de borracha quando mexer na candida...
a candida queima as mãos... então eu falo pra ela: ... usa as luvas de borracha...
mas acho que ela sente que dá muito trabalho pegar as luvas no armário, colocar as luvas, depois, tirar as luvas, pôr no varal para secar...
então ela prefere ficar com as mãos queimadas à se proteger...
acho que é isso...
avatar
100Nossao em 26 de setembro de 2009 às 10:44:03»
Transar sem camisinha com o primeiro(a) que aparece é assinar atestado de burrice. Mas se você deseja fazê-lo (não usar camisinha) com responsabilidade deve levar em conta estes cinco fatores:

- Que os dois de comum acordo queiram isso;

- Ser fiel, ou seja, chega de farra. A partir de agora deve transar somente com esta pessoa;

- Ter confiança o bastante de que esta pessoa está e vai ser fiel;

- Estar com esta pessoa no mínimo a 90 dias. Já vou explicar o por quê.

- Após este período, os dois fazerem o teste para comprovarem que não tem o vírus;

Somente aí dá para abandonar a camisinha.

O período de 90 dias serve para saber se o indivíduo está infectado após uma exposição a uma situação de risco, transar sem camisinha por exemplo.

Este período é conhecido pelos médicos de “janela imunológica”, que nada mais é que o tempo necessário para que o organismo produza quantidade suficiente de anticorpos contra o vírus, a ponto de ser detectada pelos exames.

Obs.: o teste não detecta diretamente o vírus, mas os anticorpos para este vírus.
avatar
Deeh em 26 de setembro de 2009 às 09:28:01»
Leck Sundae, acho que a situação é mais complexa. As pessoas tem conhecimento em relação a essa doença,o meio de contaminação e as formas de prevenção. O problema é descobrir o porquê da relutância das pessoas à usarem camisinha em todas as relações. Outro fator é que as vezes, quando temos um relacionamento estável com alguém, optamos por não usar a camisinha. Mas se pensarmos que essa pessoa tem toda uma história sexual antes de nós, e que nem sempre as pessoas adoecem rapidamente após a contaminação, veremos que o risco é muito grande. Imagine que você tem uma parceira fixa e que essa mulher já teve sete parceiros com os quais manteve relação sexual sem camisinha. Agora imagine que esses sete parceiros tiveram dez parceiras antes dessa sua namorada,com as quais transavam sem proteção. E por ai vai. Deu pra perceber o risco? É isso.
avatar
Alex C Pereira em 26 de setembro de 2009 às 09:00:50»
Hum....séria mais fácil conscientizar as pessoas de que a ADIS esta sujeita a todos...Mas ainda bem que conseguiram criar uma vacina contra este vírus que tanto mata no mundo todo.
avatar
Deeh em 26 de setembro de 2009 às 08:59:38»
Dei uma lida em outras fontes e vi que 31% das pessoas não soropositivas que receberam a vacina experimental não contrairam o virus. Isso até que é animador. Pelo que entendi, essa vacina previne a contaminação, mas não cura uma pessoa soropositiva. É isso mesmo?
Falando um pouco sobre HIV e AIDS(Adoro assuntos relacionados à saúde)...
*Existem pessoas soropositivas que passam anos,muitos anos sem desenvolver a doença. Justamente por isso muitas pessoas acabam transmitindo a doença aos seus parceiros sem saber.
*O "coquetel" age impedindo que o vírus se reproduza de modo eficaz, o que faz com que os novos vírus sejam defeituosos. Por isso a população de vírus diminui muito no organismo do portador, chegando a ser tão baixa que os exames específicos não mais detectam sua presença. O coquetel só não cura a doença porque não consegue penetrar no tecido nervoso e os vírus ali continuam se multiplicando sem nenhum defeito.
*Uma curiosidade realmente interessante é que pessoas com anemia falciforme não desenvolvem certas doenças como a malária, já que o agente patológico dessa enfermidade não reconhece a hemácia neste caso. Sendo assim, alguns estudos tentam fazer com que o vírus HIV também não consiga reconhecer as células onde se hospeda. Teriamos a cura, então.
Qualquer dúvida sobre AIDS e DST's, procurem o GAPA. E prevenção é sempre o melhor remédio, pessoal.
Só um detalhe para os casais fixos: usem camisinha sempre, pois o seu parceiro pode até ser fiel, mas não podemos saber do passado sexual deste. Lembrem-se que a AIDS nem sempre se manifesta, mas o HIV pode está presente. E saúde a todos.
avatar
Marya em 26 de setembro de 2009 às 07:56:30»
Ruby...

que chata que nada... lindo!
ah... que explicação linda, que tranquilidade me deu, que suavidade seu escrever...
obrigada Ruby, por dedicar minutos de poesia e atenção só pra mim...
isso vem de pessoas lindas e bondosas como você...
um beijão bem enorme pra você e fica com Deus...
wink clap
avatar
Marya em 25 de setembro de 2009 às 20:05:36»
como disse a minha estimada e querida Ruby...
"Esta menina aqui em baixo falou bem.
Muito bem LUNA" [2]
marco em 25 de setembro de 2009 às 19:39:54»
tenho uma prima com hiv, ela tinha bastante informação, mas mesmo assim nem foi suficiente...agora ela trabalha numa ong que trata do assunto
complicado...por isso faço sempre teste de hiv antes de começar a namorar e outro se terminar, vai que ela me traiu ne...=/
avatar
Near em 25 de setembro de 2009 às 19:31:56»
LUNA » sha

eu não te desculpo porque não tenho o que te desculpar...

e eu nessa parte eu concordo contigo, a maioria das pessoas ou pensa:"ahn, vou morrer um dia mesmo..." ou acha que isso nunca acontecerá com elas e por isso elas defecam e andam para os fatos...

É lamentável mesmo, o ser humano se julgar racional e faz coisas que até os animais com o tempo descobrem que não se deve fazer...
avatar
Near em 25 de setembro de 2009 às 18:48:23»
LUNA »

é por isso que:"...é a educação sexual INTENSA, falar as pessoas sobre os riscos da promiscuidade sexual e fazer isso CONSTANTEMENTE..."

eu fiz questão de colocar essas duas palavras, para mostrar que educação sexual tem que ser algo massivo, e o mais cedo possível, para poder mostrar as pessoas os riscos das DST's, tem que ser para todas as faixas etárias e constantemente, há um tempo atrás fizeram uma resumida campanha para velhinhos usarem camisinhas e depois ela sumiu!

Informação não falta mesmo não, (no nosso ambiente social) mas também informações que o cigarro faz mal, drogas fazem mal também não faltam!, o que falta são campanhas mais profundas de conscientização, que marque como uma tatuagem na mente do individuo de que isso/aquilo não pode!

Tem que fazer campanhas de choque sobre a AIDS/DST's, não mostrar jovens usando camisinhas durante as novelas e patati e patatá, tem que ser algo massivo, algo que fique gravado na mente das pessoas, eles não conseguem fazer isso com a Coca-cola?, porque não fazer com a AIDS/DST's?

".Se uma pessoa não é capaz de cuidar do seu próprio corpo e ter responsabilidade por ele, do que será capaz?Sobre o que terá responsabilidade?"

isso seria solúvel se o nosso país investisse mais em educação, as pessoas teriam ciência e aprenderiam a cuidar de si próprias e seriam mais cautelosas, mas creio que isso está longe, já que pouco se investe em educação nisso que eu chamo de país.

mesmo assim LUNA, acho admirável o seu senso lógico de raciocínio, o que eu mais gosto são pessoas como você, aonde têm ideias consistentes e que batem de frente com outras ideias(no caso as minhas), isso é saudável e eu gosto disso, pois mostra que você é uma pessoa autêntica! clap

como disse a minha estimada e querida Ruby...
"Esta menina aqui em baixo falou bem.
Muito bem LUNA"

Abraços LUNA!
sha
Joaquim em 25 de setembro de 2009 às 18:48:16»
Isso é pra quem acha que o homem não vale nada, que é maldoso e é o pior animal ja surgido no mundo. Se somos maldosos as vezes, é por que a maldade nos foi (e ainda é?) útil na nossa caminhada evolutiva. Enfim, assim somos: contraditórios, inovadores, heterogênios, científicos. Foi assim que conquistamos nosso direito de estar aqui, dentre tantas formas de vida que surgem e desaparecem nesse ponto azul errante. Somos tão fodas quanto as baratas.

Parabéns ao ser humano, um bicho especializado na falta de especialização: pode fazer de tudo, vivendo em qualquer lugar. Parabéns por mais essa demonstração de potencial. Mais orgulho com a nossa espécie!
avatar
Near em 25 de setembro de 2009 às 16:49:11»
fico imaginando como ficaram os outros Tailandeses que tomaram a vacina e mesmo assim contraíram o vírus...
avatar
Near em 25 de setembro de 2009 às 16:47:35»
sei lá, eu sou meio cético a teoria de que venha a existir uma vacina que evite 100% o contágio de AIDS, mesmo se inventarem uma que evite 99% o risco de contágio, paradoxalmente, irá subir 1000% já que as pessoas ficarão mais autoconfiantes.
Na minha opinião se vier uma vacina que evite mesmo 100% a AIDS, outras doenças como Sifilis, Gonorréia, bebês(brincadeirinha) e entre outras irão ascender assustadoramente, já que para a maioria das pessoas, a DST que realmente merece preocupação é a AIDS.
Eu acredito que a melhor vacina contra a AIDS é a educação sexual intensa, falar as pessoas sobre os riscos da promiscuidade sexual e fazer isso constantemente, pois prevenir é melhor e mais barato do que remediar.

que venham as críticas.... sha
avatar
Cearense em 25 de setembro de 2009 às 16:37:32»
Isso é muito bom, para aqueles que não se preoculpam muito com a vida na hora "H" e deixo tudo acontecer simplesmento por um prazer parcial...mas não deveresmo descarta em hipótese alguma que a prevensão é a melhor vacina, 100% eficaz em todos os casos.

Mas essa vacina é uma excelente descoberta! Parabéns aos cientistas! clap
Ricardo em 25 de setembro de 2009 às 15:16:12»
"Lógico e evidente que estes estudos são indispensáveis para a descoberta da vacina, mas não há como evitar de questionar do por que o estudo foi feito na distante Tailândia e totalmente financiada pelo exército Americano? Cobaias?"

Tem gente que sempre acha alguma coisa pra reclamar...se for dos Americanos, melhor ainda........
avatar
Mortuus em 25 de setembro de 2009 às 14:42:26»
Queria uma vacina para ficar excitado 24 hrs sem o risco de ter um Priapismo cry

Assim eu poderia aproveitar mais as micaretas surprised
avatar
Tulipa em 25 de setembro de 2009 às 14:27:45»
Eu só digo uma coisa: recalque na VEIA é o que há nos comments deste post!

Até parece que sexo é a pior coisa do mundo
avatar
Marya em 25 de setembro de 2009 às 14:26:45»
obrigado Portuguesa... redface

como é bom estar entre amigos... biggrin
avatar
Marya em 25 de setembro de 2009 às 14:07:19»
Chief,

aproveita que você se sente um ET, pega tua espaçonave e boa viagem...
Portuguesa,

pareceu isso é?... então, humildemente peço desculpas...
quero sim que achem a cura para a aids...
e também a cura para outras doenças...
Chief em 25 de setembro de 2009 às 13:35:24»
A Maria não curte sexo e o Ictus acha nanotecnologia coisa de maluco que não deve ser levado a sério!!! As vezes eu me sinto um ET nesse espaço!!
avatar
Marya em 25 de setembro de 2009 às 12:56:50»
... lógico que são cobaias... então já não conhecemos os EUA?...
cobaias e das boas...

mas, parabéns para a Tailândia!...

agora, vamos torcer para que essa vacina funcione contra outras amostras dos Estados Unidos, África ou outras regiões também...

aí vai ser uma felicidade só...
todo o mundo podendo ... hã... se divertir à vontade, sem medo de pegar a doença... que esbaldação que será...

quer saber ?
bom seria se descobrissem uma vacina contra a excitação sexual...
assim não mais haveria problemas de nenhum tipo de doenças transmitíveis sexualmente...
e até haveria um controle de natalidade totalmente eficaz e inofensivo...

rolleyes
por favor... sem pedradas... neutral
avatar
ICTUS em 25 de setembro de 2009 às 12:49:49»
A raposa tá de plantão!!!

Ta aí cientistas que realmente merecem ser lavados a sério, não aquele maluco dos nanô... sei lá oque.
clap clap clap
Thahh em 25 de setembro de 2009 às 12:41:58»
SEGUNDA!