Faça o seu comentário

:

:







Comentários

johnny22 em 07 de setembro de 2011 às 19:42:09»
Muito bacana os artigos deste site. Bem, eu tenho 36 anos e sempre estudei em escola publica, em sp, e não tive uma educação tao ruim assim, entrei ate na usp. Atualmente moro em Manaus e me preocupam os comentarios que ouço a respeito do ensino. Em breve minha filha tera que ir a escola, e qual o sentido em pagar impostos se tenho que custear R$ 1000, R$ 1500, só no ensino primario particular? Imagine o sufoco de quem tem mais de um filho. So terao direito a ensino de qualidade quem tem dinheiro para pagar???
Fabio em 08 de fevereiro de 2011 às 14:19:18»
Na verdade, a "aprovação continuada" foi implantada pela primeira vez em 1992 pela Luiza Erundina (ainda no PT) quando prefeita de São Paulo. O PSDB só copiou a péssima idéia do PT.
J.P. Carvalho em 05 de setembro de 2010 às 15:39:00»
Concordo com cada palavra dita no texto. Mas quero reparar numa coisa: o projeto de "aprovação automática" começou a ser implantado pelo PSDB, muito antes do governo Lula. Não q. eu defenda o atual governo, mas acho bom lembrar q. há outros culpados tbém...
Sales em 20 de agosto de 2010 às 19:46:30»
Eu sei bem o que vcs estão falando.A educação no país está degradante.Eu tenho alta habilidade e passei por sufoco na minha época estudantil.Como eu tinha mais conhecimentos que todos do colégio(mais inteligente até que o diretor,professores,etc)sempre fui perseguido e humilhado por todos.
Luiz Felipe em 25 de julho de 2010 às 20:21:01»
Esse é o fim que leva a educação pifia desse pais. nunca vamos ser potencia se não investirmos em educação. Olha para a China (sempre a China), apesar de tudo. ela investiu pesado em educação, não estou falando somente do dinheiro, mas da atitude tambem, principalmente ela. Ela esta se tornado uma potencia economica e cientifica, eles ja estão passando da fase de copiar tudo e estão começando a dominar o processo de criação todo das tecnologias. igual ocorreu no Japão.
Enquanto isso o brasil tem os programinhas sociais. fome zero, bolsa escola (educação zero), e tantos outros.
Luiz Felipe em 25 de julho de 2010 às 20:17:34»
O que acontece depois com isso não é o "nada". o que acontece é que é adicionado mais um elemento na lista dos desempregrados. O problema do Brasil não é falta de emprego. É falta de capacidade mesmo, mais isso é dificil de admitir, é mais facil falar qualquer outra coisa do que aceitar que não tem capcidade e tentar fazer algo para adquiri-la. conclusão, é mais facil entrar em programas sociais do governo.
avatar
LucasBritu em 22 de julho de 2010 às 12:16:19»
Esse negocio de que o aluno tem que passar a todo custo é a gota d`água! E o q fica na cabeça dele depois? Nada!. E asim que a educação é tratada no Brasil, infelizmente. Eu sempre digo: veja o exemplo dos países ricos, de 1º mundo, pq eles são assim hoje? pq no passado investiram muito na educação de seu povo. Já dizia Monteiro Lobato: "Um país se faz com homens e livros."
avatar
Angelik em 19 de julho de 2010 às 14:36:22»
Dar educação para que?

O povão não pode ter acesso a Educação e cultura para não ficar esperto.

Povo burro é facilmente manipulado. Não tem opinião própria, acredita em tudo que passa na tv e vota em incompetente.

Povo burro, elite mais rica e ladrão no poder.

Dar educação para que?
avatar
PUBI em 19 de julho de 2010 às 11:58:59»
Concordo com as palavras do SubHeaven
Liberdade se consolida como uma ferramenta de transformação desde que seja usada de forma correta.
O Brasileiro adora ser lembrado como um malandro, preguiçoso entre outras palavras as quais abstenho-me de citar.
afinal quem não se lembra do Zé Carioca, que foi exportado para o mundo todo. que modelo social foi mostrado?
Educação não é realmente levada a sério nesse país, pois dinheiro existe, ou alguém discorda que com a fortuna que anualmente é liberada e aplicada de forma racional, maximizaria a qualidade de ensino hoje existente
SubHeaven em 19 de julho de 2010 às 10:51:03»
Discordo totalmente desse seu comentário ignorante Gawain. Liberdade nunca foi sinônimo de libertinagem (Apenas para quem não tem o mínimo conhecimento da liguagem culta é claro). O período da repressão política do Brasil foi a época onde as piores decisões foram tomadas e o Brasil só voltou a ser alguma coisa depois que readquiriu sua liberdade. O militarismo foi um mal que passou pelo país e que deveria servir de lição para que não aconteça de novo. Claro que quem aprende história apenas em sites pró-totalitarismo e não em fontes científicas confiáveis correm o risco de terem a mesma opinião absurda que você.
Gawaim em 19 de julho de 2010 às 10:30:50»
A culpa é sómente dos professores! Vejam só: Quando a educação era conservadora ao extremo ( por exemplo: o saber a matéria era simplesmente inquestionável para qualquer tipo de progressão no colégio!) os primeiros a falar em liberalismo em mudar dogmas etc e tal (não se falava nunca em aperfeiçoamento!) foram os próprios.
Durante o período de repressão política foram sempre contra qualquer tipo de goverrno anti-democrático, e deveriam ter aproveitado para fazer da educação um libelo de qualidade e esclarecimento. O que fizeram? Politizaram as escolas e fizeram tudo menos ensinar com qualidade! O Resultado? Aí está!
SubHeaven em 19 de julho de 2010 às 10:24:38»
Pelos comentário ví de muita gente está realmente preocupada com o rumo que o mundo anda tomando e dispostas a cobrar do governo uma atitude. Isso é bom, mas devemos atentar apenas para um pequeno detalhe que, como humanos, adoramos fingir que não vemos:

Em primeiro lugar, o governo é o povo. Se nosso governo é corrupto e desonesto, é porque no dia-a-dia é isso que somos todos nós. Eu sei que TODO MUNDO que ler isso vai pensar "Realmente a maioria é assim mas eu não sou", mas é mentira, você é assim também e se tivesse chance faria o mesmo que o resto do governo.

Em segundo lugar, educação e conhecimento não está deixando de ser valorizado. Eles já perderam seu valor a muito tempo. Quem é inteligente e aprende qualquer coisa com facilidade desde novo aprende que deve esconder sua inteligência para não ser tratado como um alienígena no meio dessa massa ignorante que é a humanidade.

Quer tirar a prova?

Se você estuda, depois da entrega de uma prova faça o seguinte comentário:

"Eu me saí muito bem porque estudei bastante".

Verá que a conversa não durará muito e inconscientemente ou as pessoas vão mudar de assundo o se afastarem.

Em outra ocasião tente:

"Cara colei/chutei como um louco e olha como me saí"

E perceberá que as pessoas se impressionarão e contarão também suas aventuras para colar ou chutar na prova.

Ser burro e desonesto é a moda pros brasileiros a muito tempo. Qualquer mulher só vai dar pra você se você for "esperto" e não se for inteligente.
avatar
Tyr em 19 de julho de 2010 às 09:34:04»
|| É dessa teoria que eu tenho medo!
\/
..... neutral
avatar
Deltafox em 19 de julho de 2010 às 09:31:34»
A ídeia é esta, o povo fica mais burro, os filhos dos políticos ficam mais inteligentes e governam!!!
avatar
PUBI em 19 de julho de 2010 às 08:42:14»
Realmente, a educação depois de uns anos para cá virou uma piada, muitos dos comentários abaixo feito, representam a realidade existente e isso está generalizando-se por todo o país, do Sul até o Norte
Estou quase me formando em Direito e estudei toda a minha vida em escola pública, posso dizer que muito do que sou hoje é graças aos professores que tive em especial ao professor de educação básica, que era rígido, mas que hoje admiro e agradeço, pois me ajudou a ser uma pessoa melhor. de uns anos para cá o ensino tornou-se uma vergonha.
também o que se esperar de um homem de nove dedos que se vangloria de nunca ter estudado, que se tivesse de fazer algum concurso, nem para Gari poderia se inscrever.
Vergonha!!! essa é a palavra que usamos.
Referente ao comentário do daniel Lundberg
O Senador Cristovan Buarque criou um projeto de lei no qual defende que todos que possuam mandatos eletivos coloquem os seus filhos para estudar em escola pública!
o interessante é que tais projetos não ganham repercussão na mídia e acabam por ficar na Gaveta, considero Cristovan uma pessoa de conhecimentos extraordinários, mas um homem sozinho não faz nada
aos que se esforcem podemos nos contentar sabendo que conhecimento gera poder e poder se converte em controle social, quanto mais analfabetos funcionais existirem, maior a facilidade de se controlar essa massa burra, é só saber tirar proveito disso
Saudações a todos!!!
Francisco Sousa em 19 de julho de 2010 às 06:59:22»
Infelizmente isso não acontece só no Brasil, em Portugal também!...
Ninguém "chumba", passa toda a gente, independentemente de saberem ou não, o resultado, bom o resultado está à vista, até o nosso primeiro-ministro, o sr. "ingenheiro" Socrates, obteve a licenciatura num domingo!
avatar
MoonRa em 18 de julho de 2010 às 21:58:58»
Como professor, sei que isso é a mais pura e triste realidade.

Mas estou de férias, vou me abster kkk
avatar
Paulo Pereiros em 18 de julho de 2010 às 21:44:56»
Não é um problema só do Brasil!

Em Portugal passa-se o mesmo! E pior! Agora o governo inventou um novo programa o "Novas Oportunidades" que dá de mão beijada e sem o mínimo esforço um grau de ensino totalmente fictício a quem se inscrever! O programa funciona assim: um tipo qualquer nunca se esforçou na escola, perdeu anos atrás de anos até que desistiu da escola. Pois agora, com qualquer idade, inscreve-se num desses cursos e em 3 ou 4 meses(!!!), fazendo uns trabalhos EM CASA (normalmente quem faz é um amigo que até sabe escrever umas coisas), dão-lhe o grau equivalente a 3 ou 4 anos de ensino público! Há quem mal saiba escrever, mas já tem o 12º ano de escolaridade!!! E mais, até recebem uma senha para comprarem um pc portátil por 15% ou 20% do preço de loja...

A educação está inflacionada!!! Cada vez temos mais, mas vale menos!!

Eu sou professor e vejo essa triste realidade todos os dias...
ALBERTO SANTO ANDRE em 18 de julho de 2010 às 17:38:54»
PARA QUE IMBECIS COMO O LULA CONTINUE GOVERNANDO, E NECESSARIO A EXISTENCIA CADA VEZ MAIOR DE ANALFABETOS FUNCIONAIS ,VISTO QUE NOS QUASE OITO ANOS DE SEU GOVERNO ,PASSAMOS DE POUCO MAIS DE SESSENTA POR CENTO DE ANALFABETOS PLENOS E FUNCIONAIS, PARA MAIS DE SETENTA E CINCO POR CENTO ,SEGUNDO RELATORIO DA UNESCO ,ORGAO DA ONU QUE CUIDA DO ENSINO MUNDIAL
avatar
Marya em 18 de julho de 2010 às 13:08:31»
Ah se o Cristovan Buarque fosse o Presidente... rolleyes
avatar
Marya em 18 de julho de 2010 às 13:08:05»
Votem na Dilma que o circo continua...
Leo em 18 de julho de 2010 às 09:12:08»
O problema dessas diretrizes de entender acima de decorar é nós que estamos concluindo o EM tivemos de decorar durante 80% da nossa vida estudantil e agora vem com essas diretrizes, agora vem com aquele "novo enem" que te dão probleminhas de resolver coisas "diárias" com log e achando que é só entender.

Deveriam ensinar a aplicação real da coisa, o problema é que muitas vezes não tem.
Chondas em 18 de julho de 2010 às 04:44:25»
triste realidade.
e vai contunuar do mesmo jeito até que a eduacão seja levada a sério em nosso país.
é uma pena!!!!!!!
Metahler em 17 de julho de 2010 às 23:59:45»
sou estudante de licenciatura de dois cursos,
aqui vai minha opiniao
concordo em acabar com a decoreba, pois tem muita gente entrando na faculdade publica que nao merece ou nem tem condiçoes intelectuais de estar la, por isso hj a faculdade se tornou "formadora de profissionais" e nao de buscadores e retribuidores de conhecimento
se o aluno nao estuda, é pq ele nao tem interesse de estudar, e quem faz o aluno ter interresse?
Eduardohs em 17 de julho de 2010 às 21:23:55»
Amigos, escrevo apenas para trazer uma informação, talvez, nova...

a educação não algo definido de cima pra baixo. Como professor, eu presencio diariamente a assunto discutido neste post... Então, antes de indignarmos com a política nacional de educação, devemos nos indignar com a política municipal e estadual de educação, principalmente.

Ou seja, as primeiras séries, responsáveis pela alfabetização, são de responsabilidade MUNICIPAL,... critiquem nossos prefeitos por isso...

A política de empurrar os alunos em séries seguintes, sem a devida aferição da capacidade intelectual desse alunos, é uma responsabilidade do ESTADO,...

E, por fim, podemos criticar a FEDERAÇÃO, principalmente, por não formar professores adequadamente, e não pelo ensino direto dos alunos, porque a FEDERAÇÃO é responsável, principalmente, pelo ensino superior...

Concluindo...
Município – ensino de pré-escola ao primeiro ciclo do ensino básico (4ª série)
Estado – Segundo ciclo do ensino básico (5ª à 8ª série) e ensino médio.
Federação – Ensino superior...

Até, []’s
avatar
Tyr em 17 de julho de 2010 às 20:11:03»
guizul »
"É a Era de Aquarios, DOM, Ragnarok..."
Tu és um nescio!
Aprendizado significa disciplina restrita!

"Disciplina é uma madastra que voce ama!"
Pensa antes de escrever!
avatar
guizul em 17 de julho de 2010 às 18:46:09»
É a Era de Aquarios, DOM, Ragnarok...

Eu estudei em escola pública e ví muito isso. Tinha uma professora, duas na verdade, que eram muito simpáticas (catinhas), mas não tinham o mínimo de intimidade com a arte de ensina e simplesmente ficavam coçando a vuvuzela, enquanto mandava os alunos copiarem alguma coisa qualquer de um livro qualquer.

Progressão continuada é uma praga!
André Homem-pássaro em 17 de julho de 2010 às 18:41:18»
Criamos a inoportuna idéia de que se vai a escola para alguém ou que tem que se tirar notas boas e ou entender as disciplinas para alguém, e esquecemos de criar na criança (pq seria mais fácil começar cedo) a idéia de que tudo que ela faz no ambito acadêmico é pura e simplesmente para o desenvolvimento próprio.
Hoje os valores mais desejáveis não são aqueles mais valorizados, e pessoas admitem coisas que são o mínimo de se esperar de um cidadão decente como se fosse algo meritório.
"puxa eu pago meus impostos, eu respetio os outros, eu falo a verdade..."
Como se estas coisas fossem algo que na verdade deveriam ser inerentes a qualquer ser humano que viva em comunidade.

Esqueceusse da palavra devere e aoenas focalizamnos nos direitos.

Muito triste.
Robert em 17 de julho de 2010 às 18:41:00»
Da um breve testemunho, quando eu entrei na 5ª série, pense você entrar e descobrir um novo saber, bom, eu estava completamente perdido, era muito complicado, os professores eram os melhores (hoje eu vejo isso), e eu gostava dessa dificuldade, era como uma...droga sabe. Depois de uns tempos eu me vi comos endo um dos melhores alunos e tal, claro ficava de recuperação, mas que eu me lembre, no ensino médio (terminei ano passado), não fiquei em nenhuma matéria isso que eu sou uma desgraça com calculo.
Minha irmão também, entrou e tal, ai ela escreve como ela imaginsse estar certo, ai eu falo que está errado, ela me contraria, e tal, ou, fica com a cara emburrada. Eu falo pra ela que o mais poder, está no dicionário e na leitura, na pesquisa, mas ela ta nem ai, meu pais também. =\
Queria que a educação fosse como antigamente (igual a imagem acima). O que eu vejo de gente falar que em outros paises a educação o respeito, a carisma, saúde. continuam as mesma.

Nossa eu fico realmente preocupado com o que vai ser do nosos país daqui uns anos.

Ah, meu pai é professor, e ela sempre foi rigido na escola com seus alunos, tenteu ser diretor, mas foram poucos os que votaram, hoje todo mundo vem reclamar pra ele da escola. Ele disse que agora ta pouco se fudendo e que não vai tentar denovo. Ele contou que teve um dia em que chamou a atenção do aluno e mandou o mesmo para a secretária, ele virou as costas e o aluno ja estava atrás deles, pergunto para o aluno porque ele ja estava ali, o menor contou que ja "tinha" conversado, ai meu pai simplesmente saiu da sala, e flaou la, ou o aluno, ou ele, levaram o menor para ir " conversar", na époco em que conseguiu ficar como "diretor" temporário, ele só amndava suspensão de 3 dias, o pessoal até se assustava, tanto que teve um dia em que o pai foi reclamar com meu pai, meio que o ameçando.
Realmente hoje houve uma inversão de valores, em escalar horripilantes.
avatar
Shinigami em 17 de julho de 2010 às 18:06:38»
Eu fui afetado por esse fenomeno sempre fui o melhor aluno da sala o mais nerd so que fazendo algumas observaçoes descobri que não se precisa estudar para poder passar de ano entao esse ano em particular decidi que nao ia estudar.
Resultado: minhas notas estão na media e provavelmente eu passo de ano sem recuperação.
E realmente triste ver o que e o ensino brasileiro....
Obs: Tenho problemas com escrita desde a primeira serie nenhum professor se importou até hoje.
avatar
Marya em 17 de julho de 2010 às 18:04:56»
E some-se à isso a nova lei de que os pais não podem mais bater nos filhos, nem dar uma palmadinha...
Tenho medo do futuro... neutral
FelipeTonisCastilho em 17 de julho de 2010 às 17:00:04»
As escola sao como os mares:as professores navegam,os alunos boiam e as notas afundam.(OBs:Gostei do Cartoon)
avatar
Deltafox em 17 de julho de 2010 às 16:35:26»
A atual juventude tem um oceano de conhecimento com 10 centímetros de profundidade!!
avatar
Evandro Eloy em 17 de julho de 2010 às 16:21:22»
É incoerente pensarmos na escola como algo que "ensina" e educa sozinha, se ao mesmo tempo colocamos nossos filhos sem cobranças, sem respeito, sem limites...se a educação não começar em casa...
Guilherme GC em 17 de julho de 2010 às 16:05:15»
só nao da pra culpar os professores, uma vez que a remuneração deles chega a ser 3 vezes menos em uma escola publica, do que em uma escola particular. o primeiro passo para a educação no brasil comecar a ir pra frente, seria acabar com essa po**a de progressao continuada, e aumentar os salaros dos professores, se possivel, até o nivel de salario das escolas particulares. porém quem ganha com isso é a população, ou seja, o governo nao tem o minimo interesse em fazer isso.
Duente. em 17 de julho de 2010 às 15:54:18»
eu fui um dos que se ferraram com a tal da ''progressão continuada'' que existe no estado de são paulo desde o começo dos anos 90. Entrei na faculdade sem nem saber fazer corretamente as 4 operações básicas da matemática.
e falando em faculdade, para fazer faculdade não precisa nem saber ler e escrever. eu mesmo, nem sequer li a prova do vestibular e fui aprovado. Qualquer um que saiba apenas assinar seu nome consegue cursar uma faculdade e ganhar um diploma.
avatar
Astronauta em 17 de julho de 2010 às 15:46:10»
Estudei em colégio público, me formei em 2003, sendo que naquela época já era o caos, com os mesmo problemas que a Rosane citou abaixo.
Realmente, a educação não é o foco do Brasil e nunca foi. Um dia será?
daniel Lundberg em 17 de julho de 2010 às 14:32:11»
Acredito que a melhor solução seria que todos os filhos de políticos, fossem obrigados e colocar seus filhos em escolas públicas.

Fazendo uma extensão à essa linha de raciocínio, acredito que nossos políticos deveriam ser obrigados a utilizar os excelentes serviços de saúde pública - hospitais e Sus - tanto para uso pessoal, quanto para seus familiares.
avatar
rayssafurtadoo em 17 de julho de 2010 às 14:26:06»
ma
Manoel Assis em 17 de julho de 2010 às 14:07:21»
Quero fazer uma correção. é verdade que isso acontece no governo Lula, mas o problema começou dirante o governo FHC. Não estou querendo defender Lula, pois sei que não é por que o erro começou em outro governo que o governo atual não tenha obrigação de resolve-lo, no entanto, se eu ficasse calado, e permitisse que o ADMIN, citasse o "Governo Lula", eu estaria concordando também com uma meia verdade. Por isso vamos ter cuidado na hora de VOTAR, pois, TEMOS OBRIGAÇÃO DE VOTAR COM CONSCIÊNCIA, façam como eu, que não digo que um é "BOM" e o outro é "RUIM". Vamos escolher gente nova, vamos escolher gente com o passado limpo, para que o nosso BRASIL MUDE PARA MELHOR!
Rosane em 17 de julho de 2010 às 14:00:50»
Eu estudo em colégio público, estou no terceiro ano do E.M.... Mas eu posso concordar em partes com você. Infelizmente os alunos presentes nessa rede, além de terem invertido os papeis "na educaçao" também inverteram em todos os outros aspectos. As crianças de hoje em dia estão totalmete sem cultura, sem respeito e sem caráter até. Mas os professores também nao ajudam, o meu colégio é UM CAOS de desorganização assim como alguns alunos nao respeitam os professores os professores nao respeitam os alunos. Eles RARAMENTE dão aulas completas, e RARAMENTE VÃO a escola. Meu professor de física, um dos melhores que tenho, deveria dar 3 aulas semanais a nós, ele vai uma vez. E por assim em diante... Fora, que minha professora de português por exemplo, é responsavel por dar aula de : Port Redação Gramatica e interpretaçao de texto. A carga dela é MUITO pesada, e quando ela ou outros faltam, nao os substituem... É isso que virou o mundo de hoje.
avatar
therock em 17 de julho de 2010 às 13:49:41»
Eu acho que nao sem falar que o ensino... o ensino nao o ensino é bom mas as escolas sao precarias nao o ensino tem muitos professores bons em escolas publicas mas o governo nao da valor e deveriam ter mais faculdades publicas no pais onde as que tem so quem tem dinheiro frequenta,
avatar
Tyr em 17 de julho de 2010 às 13:14:16»
A Mih citou isso a uns 2 meses atras.