Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Luiz Felipe em 06 de março de 2012 às 23:59:58»
Realmente, como disseram, moral não é lei. moral é um consenso. Se as pessoas acham que estão certas em copiar arquivos eletrônicos, então outro algo está errado.
Talvez a propriedade intelectual e o sistema de patentes é que precisem de reformas.
Com certeza os intermediários (distribuidores de vídeos) não são mais necessários.
Eu não gosto de usar produtos piratas, mas também não gosto do meio e da burocracia para ter uma simples faixa de musica.
Porque não pode ser tão fácil quanto comprar uma app. Se bem que tem gente que pirateia até apps.
Temos realmente um problema de moral. Mas derrubar um repositório inteiro de arquivos somente porque a maior parte deles contem pirataria não me parece certo, já que os legítimos foram punidos, e o estrago foi maior que o da pirataria.
A origem desse problema é que os dados/informações/conhecimento/ideias podem ser copiados a custo 0, enquanto que no mundo dos átomos, o custo não é 0. Isso de uma certa forma ameaça o capitalismo. Talvez seja a maior ameaça que nunca teve.
Mas o que mais é ameaçado é realmente o poder, a Internet dilui o poder, você criou algo, mas não é o dono desse algo, é isso que a Internet criou, tudo é propriedade da humanidade.
Não sei como resolver esse problema, eu vivo de software, mas pelo menos posso vender como serviço de suporte. e as empresas vendem como SaaS, software como serviço, ao invés de produto. Pelo menos a TI está de uma certa forma salva.
Agora os produtores de vídeos/musicas vão precisar de pensar em um meio novo de distribuição. O antigo baseado em pedaço de plástico já não tem mais espaço.
avatar
Moonwalker em 06 de março de 2012 às 09:47:43»
É mais legal ter as coisas originais. Tenho meu Windows, meus joguinhos, meus filmes... Mas "música" eu só compro o CD se o album for muito bom.
Por exemplo, eu gosto da música Hazzard, do Richard Marx. Mas fui ver o album que tem essa música e ele é muito ruim! E pior, custava na época quase 50,00!
Aí dói no peito e no bolso dar 50 contos num CD por causa de uma única música.
Tem poucos CDs que eu comprei porque todas as músicas eram boas.
Lúcifer em 06 de março de 2012 às 09:29:45»
Quantos "Orgulhos da mamãe" comentando neste post....
Neandertal em 05 de março de 2012 às 23:31:19»
Grande merda que trabalha em TI e daí? Com certeza não é da área de criação pois senão ia ter decência e pagar o software que usa, é o mínimo que se espera de um profissional de respeito.

...grande parte das pessoas que dizem que nao usam. Usam sim...

Fale por si só! Como alguém já comentou, só porque uma pessoa não tem caráter, nao quer dizer que todo mundo também não tem. Esta história de justificar a pirataria por causa de produtoras milionárias faz concluir que nunca se deve convidar estas pessoas para ir na nossa casa, pois para elas o roubo é só uma questão de oportunidade.

Fica claro que o modo de distribuição de filmes e músicas deve ser mudado com a internet, porém não pode ser assim do 8 para o 80. Vivemos o capitalismo e por pior que seja, foi o único regime que deu certo.

Comparações idiotas de Megaupload com Orkut ou Vimeo é coisa para fracos. A monetização na internet é baseada em publicidade, clica quem quer. Porque será que o dotcom não manteve o seu site assim, só com publicidade? Simplesmente porque queria ganhar dinheiro fácil cobrando por conteúdo de terceiros e vendendo velocidade de download que não tem importância nenhuma para quem gerencia uma página na internet. A questão do Megaupload não vai dar em nada pois dificilmente provarão que fez algo errado legalmente, mas moralmente está bem sujo mesmo que algumas pessoas de próposito finjam não ver.

Usar XP em PC não é pirataraia, compartilhar arquivos com amigos não é pirataria. Veja a lei.
Luiz Fernando Moratelli em 05 de março de 2012 às 22:09:23»
Eu trabalho com TI e uso software pirata há muito tempo, e grande parte das pessoas que dizem que nao usam. Usam sim, ou nunca jogaram call of duty, nunca compraram dvds piratas na banquinha e nunca usaram windows xp pirata. Isso é hipocrisia, dizer que faz algo e fazer outra, isso é inerente da internet e o Kim nao deve ser condenado pela vida que vivia. Pois se assim o fosse, o presidente do google também o deveria, porque o youtube abriga milhares de clipes de musica e videos de pessoas com direitos autorais sem permissao.
Neandertal em 05 de março de 2012 às 19:42:24»
TODAS AS PESSOAS que usam internet, sem exceção alguma, já infrigiram direitos autorais.

Fale por si só, não é certo responsabilizar outras pessoas com suas faltas, mas antes é melhor ler como funciona a infração de direitos autorais no Brasil. Pois de certeza é mais um ignorante e não sabe que muita coisa pode ser feita sem que infringir a lei. É possível ver um filme, ler um livro, baixar um software.
avatar
Tyr em 05 de março de 2012 às 19:23:31»
É interessante ver que quem forma opinião expressando algo não pode emitir a própria.
Dia desses eu fui criticado no meu blog porque fiz distinção entre afro-descendente e negro - A porra do politicamente correto - Só faltou eu ter de enviar uma foto minha pro FDP que cismou que eu era preconceituoso com negros! Ou o cara era cego ou estava tirando um sarro na minha cara.
ma
avatar
Redação em 05 de março de 2012 às 18:54:46»
Felipex, não sou eu que exalto a sua vida luxuosa, senão o próprio, que sempre fez isto sem parcimônia nenhuma.

Mas mais interessante e revelador é notar que você chegou a conclusão sozinho de que a sua vida luxuosa lhe condena e me imputa responsabilidades que não são minhas. Se liga!
avatar
Felipex em 05 de março de 2012 às 18:16:53»
TODAS AS PESSOAS que usam internet, sem exceção alguma, já infrigiram direitos autorais.

Isso é inerente a internet.
avatar
Felipex em 05 de março de 2012 às 18:14:45»
É interessante, e revelador, ver o admin exaltando a vida luxuosa de Kim, como se isso, por si só, o condenasse.
avatar
Tyr em 05 de março de 2012 às 10:49:26»
A novela do Megaupload versus o Governo dos EUA esta quase virando uma tragicomédia com nuances de filmes porno (tá dificil de dizer quem tá mais fudido! mrgreen - foi mal ai Luisão!) e o caso de várias pastas deletadas esta indo mais longe que era o esperado. Os gênios dos departamentos técnicos que apagaram vários arquivos não sabem como recupera-los. Adivinha quem tem um backup disso? Só tem uma chance!

A ironia da história no melhor estilo Nelson Rodrigues - A INTERNET como ela é (Hoje eu tô fogo!) - Primeiro o gordinho pegou o sabonete agora é a vez do FBI. lol
avatar
Evandro Eloy em 04 de março de 2012 às 10:47:02»
Bem, quero que o processo de uma senhora contra o FBI tenha sucesso, ela upou fotos de seu casamento e fotos familiares e mantinha somente nas nuvens depois de um roubo em sua casa.
O FBI "sumiu" com os arquivos genuínos de muitos usuários, (inclusive meus), que não detinham direitos autorais, ou ainda que podem ser passíveis de indenizações, (espero) milionárias.
avatar
LukeSchimmel em 03 de março de 2012 às 21:38:51»
Lúcifer, eu não sou a favor dele. Mas não sou contra smile
Eu nunca usei o Megaupload. Mas uso o Mediafire por ter fácil utilização quando eu preciso compartilhar arquivos.
Mas, nem todo mundo usa softwares piratas ou ilegais. Se eu tiver usado 3 vezes é muito.
Lúcifer em 03 de março de 2012 às 20:29:52»
Pra complementar,

Para os colegas do mdig, citação do guinevere:

"devia saber que so pq vc nao tem carater nao quer dizer que todo mundo tambem nao tem"

Essa citação foi feita para mim, mas como percebi que quase todos são a favor do Dotcom, serve pra vcs também.

Todas daki são mau caráter, com exeção do guinevere, ou como prefiro chamar, o senhor politicamente correto.

Ainda bem que existem poucos ranzizas no mundo como vc, senão me suicidava. bananão master. vai lá vai, encher o bolso das gravadoras e de hollywood. Orgulho da mamãe!
Lúcifer em 03 de março de 2012 às 20:22:05»
Tá bom senhor politicamente correto. nunca usou.... sei....
Pra esclarecer, não é exagero afirmar que 99% dos usuários já se beneficiaram des serviços do megaupoad e similares, direta ou indiretamente. as mp3 que vc ouve, os filmes que assiste, cds completeos etc... se não isso, o software pirata que vc está usando (não me diga que só tem originais) já foram baixados, por quem instalou pra vc, o seu windows, ou outro software qualquer, deses sites supostamente ilegais, por isso repito senão diretamente, indiretamente vc já se beneficiou deles sim.
E se todos esses sites que hospedam arquivos fossem exterminados, (coisa que eu acho dificil) todos nós iriamos sentir sim as consequencias.
O Kim Dotcom pode ser um fora da lei, mas é nosso parceiro.
Aliás um mundo totalmente dentro da lei, não teria graça, iria ser chato como vc! Seu Bundão.
avatar
Luiz Felipe em 03 de março de 2012 às 19:21:14»
Ele pode até ter cometido outros crimes, mas não vem ao caso. Sobre o megaupload, vou ter que ficar do lado dele. Ele não fez nada de errado.
O megaupload não faz nada de mal, o que estão fazendo é achar um bode espiatórios para tentar convencer a lei a ficar do lado deles nessas questões.
Mas o maximo que fizeram foi derrubar o megaupload, os outros milhares de copias já tomaram o lugar.
A verdade mesmo é que não so esses caras tem medo da internet, como os governos tambem.
Pois de fato, a internet é incontrolável.
Eles vão ter que se acostumar com essa inversão que a Internet causa, pois na internet todos são pontos, não existe centro ou governo, justamente por isso ela é a coisa mais maravilhosa e incrivel que o homo sapiens já criou, é um imenso sistema distribuido e sem controle central, ou seja, dilui totalmente o poder.
Se eles querem brigar por conta disso, que briguem, mas vão perder a guerra.
Não se trata de pirataria, nunca se tratou, mas sim de liberdade mesmo, como o pirate bay mesmo disse.
Amélia em 03 de março de 2012 às 18:16:26»
Eu era usuaria assidua de megaupload e megavideo,levando em consideraçao que sou adicta a filmes e series,mas nunca traguei o conto de cobrarem eles pirateavam e privatizavam,assim é complicado.
Mas estou desejando que volte e volte com tudooooooo!!!!1
guinevere em 03 de março de 2012 às 16:18:40»
lucifer, nunca usei. devia saber que so pq vc nao tem carater nao quer dizer que todo mundo tambem nao tem.
quasefeliz em 03 de março de 2012 às 14:46:39»
enoja-me tanta hipocrisia...
Lúcifer em 03 de março de 2012 às 10:31:05»
guinevere: um belo ex de um ser hipócrita. Duvido muito que vc já não tenha feito uso dos serviços do megaupload, ou então de serviços semelhantes.
O dotcom estava certo? não, mas todos nós somos seus cúmplices.
Verme, cuspindo no prato que comeu! pronto falei.
avatar
guizul em 03 de março de 2012 às 01:21:12»
Comunicado Oficial do Pirate Bay sobre o S.O.P.A. [tradução livre em português]
INTERNET, 18 de Janeiro de 2012.

Há mais de um século Thomas Edicon patenteou um aparelho que faria "aos olhos o que o fonógrafo faz para os ouvidos". Chamou-o de Kinetscópio. Ele não só esteve entre os primeiro a gravarem um vídeo, mas também foi a primeira pessoa a possuir direitos autorais de um filme. Por conta dos patentes de Edison para os filmes, era financeiramente quase impossível criar filmes na costa leste dos EUA. Os estúdios de filmes então se mudaram para a Califórnia e fundaram aquilo que hoje chamamos de Hollywood. O principal motivo foi a ausência de patentes.

Também não havia direitos autorais à época, então os estúdios copiavam histórias antigas e faziam delas filmes - como Fantasia, um dos maiores "hits" da Disney até hoje.

Então toda a base desta indústria, que hoje faz mimimi sobre perder controle de direitos de bens imateriais, veio justamente de uma manobra com direitos imateriais. Eles copiaram (ou, para falar nos termos deles: "roubaram" wink o trabalho criativo de outras pessoas sem pagar por isso. O fizeram para obter lucos exorbitantes. Hoje têm sucesso e a maioria dos estúdios figura na listagem Fortune 500, das empresas mais ricas do mundo. Parabéns - tudo isso porque vocês puderam reutilizar o trabalho criativo de outras pessoas. Eles agora possuem os direitos sobre o que outras pessoas criam. Se você quiser lançar um trabalho seu, precisa seguir as regras deles. Aquelas que eles criaram manobrando e distorcendo as regras de outras pessoas.

O motivo pelo qual eles vivem reclamando de "pirataria" hoje é simples. Nós fizemos o que eles fizeram. Manobramos as regras que eles criaram e criamos as nossas próprias regras. Esmagamos seu monopólio dando às pessoas algo mais eficiente. Pemitimos às pessoas comunicarem-se diretamente umas com as outras, deixando pra trás o intermediário que gera lucro, em alguns casos de até 107% (sim, você paga pra trabalhar pra eles).

Está tudo sobre o fato de que nós somos competição.

Provamos que a existência deles nos moldes atuais não é mais necessária. Somos melhores do que eles são, simples assim.

A parte engraçada é que nossas regras são similares às ideias fundadoras dos EUA. Lutamos por liberdade de dircurso e expressão. Vemos todas as pessoas como iguais. Acreditamos que a população como um todo, não só as elites, devem governar a nação. Acreditamos que as leis precisam servir a essa população, não a corporações riquíssimas.

O Pirate Bay é de fato uma comunidade internacional. A equipe está espalhada pelo globo - mas ficamos fora dos EUA. Temos raízes suecas e um amigo sueco nos disse:

A palavra SOPA significa "lixo" em sueco. A palavra PIPA significa "tubulação" em sueco. Esta não é uma coincidência. Eles querem tornar a internet uma tubulação de mão única, com eles no topo, atulhando lixo através dela sobre nós, abaixo, consumidores obedientes.

A opinião pública nesse caso é clara. Pergunte a qualquer um nas ruas e verá que ninguém quer ter que comer lixo. Por que o hoverno dos EUA quer alimentar a população com lixo está além da nossa imaginação, mas esperamos que vocês o impeçam antes que todos nos afoguemos.

SOPA não tem o poder de atingir ou parar o The Pirate Bay. Na pior das hipóteses trocaremos o domínio principal de .org para outro das centenas de nomes que já usamos. Nos países onde o The Pirate Bay é bloqueado, China e Arabia Saudita são os que mais lembramos, eles bloquearam centenas de nossos nomes de domínio. Funcionou? Não.

Para acabar com "o problema da pirataria", devemos ir a suas raízes. A indústria do entretenimento diz que estão produzindo "cultura" mas o que eles fazem na real são coisas como vender bonecas peruas caríssimas fazendo meninas de 11 anos se tornarem anoréxicas - seja por trabalharem nas fábricas que criam as bonecas praticamente sem receber salários ou por assistirem filmes e programas de TV que as fazem pensar que estão gordas.

No ótimo jogo de computador Civilization, pode-se construir Maravilhas do Mundo. Uma das mais poderosas é Hollywood. Com ela você controla toda a cultura e a mídia do mundo. Rupert Murdoch estava feliz com o MySpace e não tinha nenhum roblema com a pirataria que rolava lá até que a plataforma deu errado. Agora ele está reclamando que o Google é a maior fonte de pirataria no mundo - porque está com invejinha. Ele quer continuar tendo poder sobre a mente das pessoas enquanto claramente se tem uma visão mais honesta das coisas na Wikipedia e no Google do que na Fox News. [ou no Jornal Nacional]

Alguns fatos (anos, datas) estão provavelmente errados nesse release. O motivo para isso é que não podemos acessar a informação se a Wikipedia está desligada. Por causa de pressão dos nosso falidos competidores. Nos perdoem.

THE PIRATE BAY, (K)2012
avatar
Politico Honesto em 02 de março de 2012 às 21:45:51»
Concordo com algumas coisas que ele disse.
marcela m. em 02 de março de 2012 às 19:04:12»
volta megaupload!!
avatar
Nato em 02 de março de 2012 às 17:16:11»
Pior que ele só falou a verdade.
guinevere em 02 de março de 2012 às 17:01:21»
Na verdade é um bagre que achou que era muito esperto indo morar na nova zelândia pensando que ninguém iria chegar até ele. Bandidinho sem vergonha que andou metido até em fraude com cartão de crédito na alemanha. tenho opinião que deviam prender e jogar a chave fora. pronto falei!
Speed em 02 de março de 2012 às 17:00:34»
Insensato essa coisa midiática de transformar a riqueza em maldade. Isso sim é um bode expiatório do pretenso fracasso alheio.
Capitalismo é isso. Se você monta uma empresa que rende milhões, não gastá-lo seria sim um absurdo. Não é por ai que deve-se condenar o Dotcom.
A Caesar o que é de Caesar, convenhamos....
avatar
Raxyz em 02 de março de 2012 às 16:46:31»
Sou obrigado a concordar que ele foi bode expiatório sim...

Ele tem razão no que ele falou, ele criou um site que foi absurdamente lucrativo, boa parte por causa de pirataria? Boa parte sim, mas não por completo. Quantas pessoas fizeram lucro com a miséria de milhões? Aqueles árabes? Políticos? Bancos? A quem ele causou prejuízo? A indústrias que já faturam 20 bilhões de dólares por ano. Parece errado?
avatar
LukeSchimmel em 02 de março de 2012 às 15:31:23»
Acho que causou algum dano ao mundo... sei lá, nunca fui usuário do Megaupload... e, tanto faz... é uma "luta" pela qual eu não tenho motivos para participar, por enquanto.

"Segundo suas palavras não faziam nada ilegal e Megaupload não era o paraíso dos piratas. Aponta ademais outros serviços que inclusive estão domiciliados nos Estados Unidos, como Mediafire, Rapidshare, Filesurf, Filesonic... e inclusive os serviços de armazenamento em massa na nuvem das grandes companhias como SkyDrive da Microsoft ou Drive do Google."

Esse é o famoso cerca velha, cai e derruba os outros.
avatar
Mary em 02 de março de 2012 às 15:15:00»
volta megaupload '-'² hahahah
avatar
Horus em 02 de março de 2012 às 15:05:47»
volta megaupload '-'
avatar
Nordestino em 02 de março de 2012 às 14:58:31»
Agora quem puder me dizer: por que os microfones parecem um ursinho de pelúcia...... é prá voz sair aquecida????? neutral
avatar
Nordestino em 02 de março de 2012 às 14:56:47»
não entendo dessas coisas, logo não dou pitaco razz
avatar
Nordestino em 02 de março de 2012 às 14:56:01»
razz