Faça o seu comentário

:









Comentários

almir em 31 de março de 2014 às 23:15:04»
curitiba naõ é o que diz esta pesquisa muitos dos que daõ sua versaõ vieram de outros estados ou outra cidade qualquer saõ filhos ou netos ou bisnetos dos que vieram e se dizem curitibanos.se perguntar o que significa curitiba (dizem minha cidade).
almir em 31 de março de 2014 às 22:56:40»
querem a todo custo dar a imporessaõ de paraiso uma das piores cidades do brasil para se morar viver 0 em turismo vamos e venhamos quem fez esta pesquiza ou bebeu todas ou pensou ser entrevistador pesquisador.
joão orlando moro em 12 de março de 2014 às 20:25:13»
Aqui em CURITIBA a única coisa ruim/péssima é o timinho do coritiba a vergonha da nossa cidade, de resto é 10.
Matheus em 23 de fevereiro de 2014 às 19:42:45»
Colocar qualquer cidade Latino Americana é brincadeira. Nelas só se vive bem se tiver dinheiro. Se tiver que depender de servicos publicos. Nomeadamente, de transportes, seguranca, educacao, infra-estrutura, lazer, está ferrado. Curitiba tem uma das melhores qualidades de vida da America Latina. Mas nunca, poderia estar em uma lista mundial.
joao paulo em 23 de novembro de 2013 às 05:37:03»
prefiro floripa por que as vezes ebarramos em atores de hollywood rsrsrsrs
BrunoDuarte em 05 de novembro de 2013 às 01:53:30»
Nasci e moro em Curitiba faz 36 anos. Sério, aqui é horrível, tudo de ruim que falam é verdade. Por favor não venham morar aqui nunca, venham como turistas, mas morar NÃO. Deixem a porcaria de Curitiba para nós Curitibanos. Fiquem aí em SP que tem pizza boa, ou no Rio, que tem lindas praias, samba, funk. Aqui não conversamos com ninguém, somos fechados, não damos oi e é muiiiiito frio 9 meses no ano. Em Junho, Julho chega a -3ºC
zé rosquinha em 01 de novembro de 2013 às 22:47:39»
Eu já fui em Frankfurt só fiquei no aeroporto foi assim-
Todo ano eu vou para a Espanha,nesse ano eu estava na Espanha com a minha família espanhola em Barakaldo, e as férias do meu pai estavam acabando e voltamos logo para o Brasil,mas,como todo aviao[como a do meu caso] ele pousa em um país bem pertinho e foi na Alemanha,ano passado foi em Munique,só fiquei no aeroporto,nesse ano foi em Frankfurt e vi um aviao com uma marca chamada ANA
e eu tirei nome porque minha mae se chama Ana.A Espanha,em Barakaldo nao tem muita violencia,seja mais fácil de dizer 5% de violencia,mas,com aparecimento da polícia é de 1%.Agora em outros lugares como Euskadi eu nao sei,mas,deixa.
Brasileira em 01 de novembro de 2013 às 22:26:39»
Perdão, meu caro comentaristas mas... PROVAVELMENTE VOCÊ NÃO MORA EM... CURITIBA! Depois que começaram a fazer uma propaganda exacerbada de "Cidade de Primeiro Mundo" , nossa querida Curitiba passou a se transformar um receptáculo de maus elementos, aumentou a violência, os homicídios e assaltos. Rara é a família que não tem uma vítima pra contar a estória. Isto, considerando que as estatísticas de violência são "devidamente maquiladas" para não depor contra a polícia do Estado e para continuar enganando os tolos... Se duvida, vem morar aqui, vem!
jhonatan em 08 de julho de 2013 às 18:22:22»
Moro em curitiba, e emresposta ou companheiro ulissess.
Nossa cidade écomo qualquer outra, tbm temos problemas e se vc gasto onze reais com pedintes foi pq vc quis...afinal eles pediram vc deu de otario...kkk
achoqvc morano meio do mato...qual metrópole hj nao tem mendigos pedindo dinheiro
abraham em 14 de junho de 2013 às 12:30:06»
Não concordo com sua lista, cidades bonitas e cheia de pontos turisticos a varias.Mas qualidade de vida engloba muitas coisas.O exemplo e Sidney possui baixos impostos, trabalhador bem remunerado, plano de saùde impecavel, là realmente e um lugar que vale a pena você trabalhar atè de faxineiro para dar um futuro melhor a um filho.
avatar
Nana em 05 de junho de 2013 às 15:52:57»
Só metrópoles. Pensei que teriam cidades menores, com um estilo de vida mais orgânico.

Bacana ver Curitiba! É o Brasil no ranking!
avatar
Politico Honesto em 05 de junho de 2013 às 13:19:01»
O tema "Curitiba" costuma render muitos comentários, aqui.
Ulisses Sampaio. em 05 de junho de 2013 às 12:33:17»
Estive em *ritiba semana passada, andei por vários lugares, vi muita coisa incrível e também vi que tem problemas próprios da sua dimensão. Ou queriam uma cidade com mais de 1 milhão de habitantes agindo como gado?
Os índices aos quais reportam violência, tem um quê de realidade. Se querem imaginar um fato, basta ver os registros dos IMLs de grandes metrópoles e os registros de mortes. Os números não batem.
Quanto aos pedintes não tem muito o que fazer. Na rodoviária, num prazo de 1 hora, foi assim: Dei R$ 11,00 (2+1+2+1+2+1+0,50+0,50+1) o que me surpreendeu é que até um cara da guarda municipal veio me pedir dinheiro.
Lista7 em 05 de junho de 2013 às 12:21:39»
Incrível... O Brasil tem um representante...
avatar
Elbereth em 05 de junho de 2013 às 12:11:04»
(isso aí, Moon, me ajuda a defender Curitiba! hahahaha)
avatar
Elbereth em 05 de junho de 2013 às 12:10:48»
E pedir dinheiro é banditismo

V
V
avatar
Moonwalker em 05 de junho de 2013 às 11:52:28»
V Só em Curitiba, né?
felipe henrique em 05 de junho de 2013 às 11:44:31»
discordo veemente de curitiba... é uma cidade violenta cheia de banditismo... rodoviaria aparece direto vagabundo pedindo dinheiro
Haiduc offline em 05 de junho de 2013 às 11:44:18»
Ah ah ah!
Nova York e Hong Kong com melhor qualidade de vida que cidades como Genebra, Oslo ou Strasbourg, que nem aparecem na lista, é para rir.
Barcelona, com os seus 20% de desempregados, tem uma qualidade de vida realmente muito invejável.
Listas...
Esta lista poderia fazer parte do Top 10 de listas absurdas.
avatar
Moonwalker em 05 de junho de 2013 às 11:34:49»
Só mais um comentário, prometo que é o último: não entendo por quê as pessoas ficam irritadas quando fala-se bem de Curitiba na internet. É uma cidade com muitos problemas, mas é uma cidade boa. Essa publicidade positiva faz bem para o país. Como eu disse, tem cidades aqui no Brasil para onde eu mudaria sem pensar duas vezes, mas Curitiba é legal se você levar em conta o tamanho da cidade. Que chato esse preconceito!
avatar
Moonwalker em 05 de junho de 2013 às 11:25:13»
Ah, e com conhecimento de causa posso dizer o seguinte:
- O transporte público de Curitiba, no horário de pico, exige um pouco de paciência, mas nem se compara com o empurra-empurra e a falta de estrutura do transporte de outras capitais. Só acho que a maioria dos ônibus são velhos e vivem estragando...
- Andar de carro é um martírio no horário de pico por causa do trânsito. E a prefeitura, por politicagem ou burrice resolveu fazer obras na cidade inteira ao mesmo tempo, então não tem por onde fugir. Mas percorro quatrocentos quilômetros por semana sem passar por ruas sem asfalto. E olhe que eu ando bastante pelos bairros. Já calçadas, são um porre. Tem que fazer malabarismo para andar por elas. Isso quando tem condições de andar.
- Pobreza: sério, por aqui tem gente muito pobre e em situação de risco. Como já trabalhei na Cohab, posso garantir que o deficit habitacional é um problema gravíssimo. Só acho, pessoalmente, que se essa gente parasse de invadir áreas e viver de ajudas do governo, iam aprender a nadar quando a água chegasse no pescoço, como eu fiz. Cheguei em Curitiba sem ter sequer um par de tênis e acordando as três da manhã para trabalhar. Em seis anos tenho casa, carro e até engordei... riariaira... Isso como eu disse é opinião pessoal, ok?
- Serviço de saúde: bem, usei pouquíssimo o serviço público de saúde de Curitiba, mas não achei tão ruim. Inclusive, quando fiz uma cirurgia pelo SUS a alguns anos fui tratado como paciente que estava pagando. Foi bem legal.
- Empregos: li mês passado que tem nove mil vagas sobrando nas agências da cidade. Não trabalha quem não quer.
avatar
Moonwalker em 05 de junho de 2013 às 11:08:49»
Eu não gosto muito de Curitiba, conheço de fio a pavio e tem muita coisa para melhorar. Mas conhecendo várias outras capitais, digo que ela perde apenas para Florianópolis (onde um dia ainda morarei) em termos de qualidade de vida.
Não adianta dizer que tem muitas mortes, já provei em outro post que isso não significa nada. Vou transcrever aqui o que eu disse anteriormente:
"Lorena, seu raciocínio está corretíssimo, estatisticamente falando.
Mas tem algumas falhas em termos de pontos de vistas mais abrangentes.
Eu dei uma pesquisada, e vi que na Grande Curitiba (municípios da região metropolitana, com cerca de três milhões de habitantes), o índice de homícidios é de 55,9 por 100 mil habitantes. Bem mais do que no Rio, onde segundo dados mais recentes, seria algo entre 32 e 35 para cada 100 mil.
Mas isso não indica uma violência menor. Indica apenas menos assassinatos. Roubos, violência sexual, tráfico, espancamentos, "guerras internas" e afins não entram na estatística. Eu diria que o Rio é sim uma cidade menos segura do que Curitiba, mesmo tendo menos mortes.
Acha que estou errado?
Bom, então pense no seguinte: lembra do conflito do Iraque (2004-2007)? Neste período morreram 76.266 pessoas por lá.
Neste mesmo período, as mortes no Sudão e no Afeganistão, que também estavam em uma situação de crise, foram cerca de 25.000.
Na Colômbia (nem vou citar os problemas desse país aqui) morreram cerca de 12.000.
Total de mortes em todos estes países citados: 113.266.
No mesmo período, no Brasil, um país bem mais pacífico, morreram 147.343 pessoas assassinadas por armas de fogo.
Você pode dizer que estatisticamente isso é pouco, afinal a população do Brasil é maior. Mas não é. Escolhi estes países no relatório do Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos (Cebela) justamente porque a soma da população de todos eles é semelhante a população do nosso país.
Resumindo, a estatística "homicídios por habitantes" é muito fria para indicar se determinada cidade é um lugar seguro.
Claro, eu sou curitibano. Mas espero que você entenda que não estou defendendo minha cidade. Aqui tem muita coisa para melhorar e os problemas parecem só estar aumentando a cada dia. Mas você não pode dizer que a violência no Rio é culpa da mídia, simplesmente. Essa seria uma atitude muito bairrista."
Leandro Augusto em 05 de junho de 2013 às 10:47:09»
Aff... um faz uma leitura equivocada (ou tendenciosa) da matéria e a manada toda embarca...

Ficou claro que a matéria direcionou o foco a expor cidades que são expoentes em algum quesito, a título de curiosidade (Barcelona, por exemplo, e sua arquitetura inacreditável, ou a surpreendentemente liberal e cosmopolita Hong Kong, que contrasta com a rígida China).

Curitiba entrou na lista por estar um pouco menos afundada no lamaçal da América Latina, mas convenhamos que isso não é propriamente um mérito. Aliás, nem aqui deveria figurar, pois colocar Curitiba acima de Santiago, por exemplo, é prova de que o redator fala sem conhecimento de causa.

Sem muito esforço, podemos listar ao menos 50 ou 60 cidades no mundo, das quais conheço apenas algumas, é verdade, mas que facilmente se pode elencar antes de começar a se pensar em alguma da América Latina.
avatar
Elbereth em 05 de junho de 2013 às 10:06:20»
Olha... eu moro em Curitiba. Já conheci SP e Campo Grande, além de algumas cidades do interior.

Curitiba tem vários sinais para pedestres. Eu que, por 5 anos daqui, só andei a pé - e ainda ando muito - posso falar que é facinho facinho. ALGUNS sinaleiros poderiam melhorar com sinal pra pedestre, mas, como motorista, reconheço que atravancaria ainda mais o trânsito.

Curitiba tem o número de mortes maior apenas se for considerada a Grande Curitiba, fato.

Ciclovia é outra coisa que poderia melhorar, MAS que é bem melhor do que muita cidade por aí. Segurança idem.

Coisas como a feirinha gastronômica do Juvevê, as peças de teatro muitas vezes apresentadas por grupos locais, as bandas muitas vezes locais que tocam aqui, e atraem público porque são boas, também não é toda cidade que tem, na qualidade que temos.

Eu amo demais da conta essa minha cidade adotiva, mesmo sabendo que ela não é perfeita. Não acho correto só criticar.
avatar
ICTUS em 05 de junho de 2013 às 07:54:39»
Ué, porque Jundiaí não entrou na lista??? neutral
avatar
Gabriel Tavares em 04 de junho de 2013 às 23:58:08»
Curitiba, não presta....em 2018 eu vou me mudar pra Austrália e fazer intercâmbio....G' day, mate! sha
Cabral em 04 de junho de 2013 às 21:44:33»
Ninguém pode fazer nada se tu mora no mato Julio Razec, está com jeito de ser um peão de Piraquara ... Campo Largo ... Pinhais que acha que mora em CTBA.
avatar
Politico Honesto em 04 de junho de 2013 às 21:36:20»
A propaganda delas é interessante. Algum dia, quem sabe.
Julio Razec em 04 de junho de 2013 às 21:31:08»
É só assistir os telejornais e deixar o carro em casa pra tentar pedalar que vc conhece a nossa Curitiba
Julio Razec em 04 de junho de 2013 às 20:48:42»
Curitiba tem um numero de mortes por nº de habitantes maior que São Paulo e Rio de Janeiro, praticamente não tem ciclovias e semafaros para pedestres, as calçadas para pedestres nos bairros mais asfaltados nao existe, além de ser a capital mais fria do Brasil...
Thiago L em 04 de junho de 2013 às 20:40:44»
Nasci e cresci em Curitiba, mas não conheço essa que falaram aí. Será que é a mesma?
avatar
LukeSchimmel em 04 de junho de 2013 às 18:46:04»
Com exclusão do pódio e do 5 que não conheço, posso dizer que as cidades são lidas, incríveis...mas também tem um lado negro...bem, toda cidade do mundo tem seu lado negro.
avatar
revolt4d4 em 04 de junho de 2013 às 18:04:35»
E maior custo de vida?
Ainda faço uma pós no Canadá. wink

Curta o MDig no Facebook