Faça o seu comentário

:

:







Comentários

ELIAS em 20 de novembro de 2015 às 14:11:49»
A DISTORÇÃO INTERPRETATIVA DAS LEIS ISLÂMICAS É O REAL PROBLEMA. TEM QUE ACABAR COM OS RADICAIS.
avatar
sol em 19 de novembro de 2015 às 22:08:43»
Eu li um texto bem interesante no Senso incomum que fala sobre o que é a paz pra eles.

Num momento o texto explica que a palavra religião tal qual a conhecemos e traduzimos não pode ser aplicada ao islamismo.
" O islamismo é um jin, uma visão de mundo integral, que engloba uma visão política específica (daí a criação de “partidos islâmicos”), uma visão cosmológica, uma visão axiológica (de valores), uma visão social." - esse ponto foi bem esclarecido pelo Haiduqque quando fala das liberdades individuais.

Também fala que para o islamismo só existe a "ordem" e o "caos".

A ordem promove a paz e é o conjunto de leis impostas pelo profeta, a sharia, escritas no Alcorão e também as tradições mantidas.
O caos é tudo que fica "fora da ordem" e deve ser combatido de toda e qualquer forma.
Quem vive no "caos" pode e deve ser aniquilado ou sofrer punições. Por isso, para todo muçulmano que segue a sharia, apedrejar mulheres, atirar gays dos prédios ou degolar quem não participa da ordem é promover a paz.

Sendo dessa forma, o professor Aslan não está correto.
En Sabbah Nür em 19 de novembro de 2015 às 18:55:46»
Haiduqque é o meu profeta e seguirei suas palavras.
avatar
Raven em 19 de novembro de 2015 às 18:36:13»
Haiduqque, vejo que compartilhamos a mesma ideia. Para mim, seu comentário foi excelente, parabéns! clap
avatar
Haiduqque em 19 de novembro de 2015 às 16:54:40»
Nenhuma religião promove a violência. As religiões têm formas bem mais sutis de atingirem seus objetivos.
Nenhum dos 3 grandes livros "sagrados" lutou pelos direitos humanos, contra a escravatura, a Pena de Morte, os direitos das mulheres e das minorias sexuais, as injustiças sociais ou as múltiplas tiranias dos Estados.
Ah... sim, nem também pelos direitos das crianças e dos animais...
A primeira Declaração Universal dos Direitos Humanos surgiu em 1948, muitos séculos depois dos livros sagrados serem lei, livros que nada fizeram pela paz no mundo nem pela liberdade ou dignidade dos indivíduos...
O problema do islamismo é viver em tempos anteriores ao Iluminismo. Para milhões de muçulmanos, obedecer cegamente a Alá tem mais valor que a vida dos outros humanos todos. E se a vida dos outros não é assim tão importante, porque lutar pelos seus direitos?
Nunca vi muçulmanos se manifestando pelos direitos individuais, contra a Pena de Morte, pela liberdade individual, pelo direito à diferença... Eles não veneram a Liberdade, a Igualdade nem a Fraternidade universais, porque isso não faz parte do discurso do seu profeta.
Além de tudo isso, uma religião que tem um ódio visceral e iracional por cachorros, de mim não leva qualquer respeito.
O cristinanismo de há 2 séculos atrás não foi melhor, mas eu não poderei viver mais 2 séculos para ver o islamismo entrar no século XX...