Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Página 2 de 2 (79 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | | Última | Prox. »

Nilo em 02 de dezembro de 2010 às 18:34:52»
Ou ela simplesmente não vai ao banheiro, ou usa o do funcionário, xD, legal essa experiência, inclusive farei alguma coisa diferente com meu filho, quando tivé-lo.
Thays Fontana em 02 de dezembro de 2010 às 18:33:18»
Só vendo e prestando atenção... quem sabe não dá certo?
Edson Ribeiro em 02 de dezembro de 2010 às 18:10:31»
Em qual banheiro/vestiário a criança vai entrar no colégio? A pobre criatuara deve acabar endoidando por causa desta bizarra escolha dos pais. Que coisa mais sem pé nem cabeça!
avatar
Marya em 02 de dezembro de 2010 às 17:47:02»
Você perguntou o que eu acho Admin...
Pois bem...
Eu acho que estamos no fim dos tempos e niguém ainda se deu conta disso...

Não, não... o fim dos tempos não está longe e ainda vai chegar um dia... não...
O fim dos tempos já chegou... e está aqui... bem diante dos nossos olhos... só um cego não vê...
Matheus em 02 de dezembro de 2010 às 17:40:09»
Poderemos saber se é certo ou errado de acordo com os anos daqui para a frente. É estupidez querer julgar no momento, alias é só o começo.
Srtª Su em 02 de dezembro de 2010 às 17:18:46»
Ñ sei se eles estão fazendo certo, ñ quero julgar, pois ñ sei qual é a filosofia de vida deles. Mas acredito q seja uma maneira de educar um pouco arriscada e pode ser ater traumática p criança. Imagina só uma outra criança perguntar vc é menina ou menino? E o curumim “assexuado” responde ñ sei. Vão pegar muito no pé dele ou dela.
Com certeza os pais estão certos, q somos rotulados a ser aquilo q nosso sexo determina por causa da sociedade. Mas, impor uma nova maneira de educar pode ser uma solução ou um erro gravíssimo, q somente o tempo poderá responder.
avatar
Pitralon em 02 de dezembro de 2010 às 17:09:41»
Não seria mais normal ser contra tantas crueldades, torturas e injustiças que há no mundo?
Não seria mais útil manifestar oposição às tiranias e intolerâncias que tantos seres sofrem na alma e na pele?
Não!
É mais divertido ser absolutamente contra uma sexualidade incógnita.É mais útil opinar sobre a vida alheia, mesmo que essa vida viva a milhares de quilómetros de distância.
Porque será que as vozes que tanto se fazem ouvir nas questões sobre sexualidade se calam comodamente sobre assuntos que abordam a violação da dignidade, dos direitos e da liberdade do ser humano?
Aberrante.
sooneca em 02 de dezembro de 2010 às 17:07:56»
Acredito que no futuro será assim. Acho uma aberração hoje, amanhã será normal.
avatar
LucasBritu em 02 de dezembro de 2010 às 16:41:16»
Aberração, com ctz... quem já viu? pq tenta gente tem ideias malucas hoje em dia? confused
avatar
Olhos Insanos em 02 de dezembro de 2010 às 16:18:21»
É cruel trazer uma criança ao mundo com uma etiqueta de cor azul ou rosa na testa." Ué, usa a etiqueta amarela!
Isso porque é uma criança saudavel, queria ver se fosse uma criança que veio com problemas de saúde ou físico etc se iria ficar com essa pasmaceira. Se soubesse dobre a síndrome de identidade sexual, por ex., e o quanto ela traz sofrimento, deixariam essa criança crescer em paz.

Além da identidade sexual e da orientação, tem o biológico, que vai mexer com ela, e isso eles não podem mudar.
O mal dos pais é se acharem donos da criança, e se sentirem no direito de fazer o que quiser com a vida dela, depositando suas frustrações nos filhos.
avatar
Kaoru em 02 de dezembro de 2010 às 16:10:08»
Isso pode até ser uma coisa boa, na medida que a criança pode ter nascido com um sexo mas agir como o sexo oposto, mas sou contra por isso poder trazer transtornos a essa criança mais tarde. Vamos ver onde isso vai parar.
avatar
Jade em 02 de dezembro de 2010 às 16:07:41»
Infelizmente conheço casos parecidos.

Na minha rua há uma menininha (deve ter uns 4 anos) que tem o cabelo bem curtinho e se veste anda e fala como um menino. Não sei o pai mas a mãe apoia, incentiva e acha o máximo.
Eu acho que a mãe tem vontade de parecer moderninha, descolada e de cabeça aberta, mas acaba ficando bizarro.

Sou contra.
Sidnei em 02 de dezembro de 2010 às 15:42:29»
"Em agosto Nora teve outro menino que será educado da mesma forma que Pop."

Conclusão: POP nasceu homem.
avatar
Astronomer em 02 de dezembro de 2010 às 15:32:40»
cada um com seus paradóxicos
avatar
wendelzao em 02 de dezembro de 2010 às 15:22:39»
Se ela nasce daquele jeito deixe daquele jeito, ela só irá ter escolha depois então é melhor não criar problemas
avatar
Sara em 02 de dezembro de 2010 às 15:05:35»
isso vai causar algum desgaste psicológico na criança... neutral
avatar
LukeSchimmel em 02 de dezembro de 2010 às 15:04:23»
Só sei de uma coisa... Esses pais vão sofrer muito com a raiva que essa criança vai causar devido a vergonha que eles vão faze-la enfrentar.
avatar
daniel19vasco em 02 de dezembro de 2010 às 14:58:25»
Firelow, me expressei mal, parecem q estão influenciando....
se a criança for gay (quando crescer), não deve sofrer preconceito (ninguém deve), mas ela nem sabe o q quer da vida, ainda é uma criança....
avatar
daniel19vasco em 02 de dezembro de 2010 às 14:56:10»
ou os pais q querem ter seus "15 minutos de fama" e fazem essas loucuras...
avatar
Firelow em 02 de dezembro de 2010 às 14:55:59»
Parece q estão dando uma oportunidade para a criança ser gay....
==
e devem
avatar
Firelow em 02 de dezembro de 2010 às 14:55:29»
"sua roupa de um armário com uma grande variedade de cores e tipos"
^ ok, já sei que vai virar homossexual... *o gêmeo maléfico*
avatar
daniel19vasco em 02 de dezembro de 2010 às 14:54:32»
Parece q estão dando uma oportunidade para a criança ser gay....
avatar
Firelow em 02 de dezembro de 2010 às 14:52:21»
Quero dizer, "isso" tem de fato algum sexo. Caso "isso" quando crescesse resolvesse ser designado como menino (mas fosse originalmente menina) não haveria como ter de nenhuma forma características masculinas. E vice versa. Se quisesse ser menina mesmo, teria perdido toda a infância feminina possível. O mesmo se fosse originalmente menino e querer ser menina.
Já se os pais quisessem fazer essa coisa de ocultar o sexo disso, para isso ser sempre heterossexual, daqui há um tempo alguém iria saber... fool
avatar
FoxRaider em 02 de dezembro de 2010 às 14:50:28»
o.o....nao é preciso tanto, pois quando essa criança for adolescente ela que vai descobrir o que quer, acho que o maximo que os pais teriam a fazer é educar a criança de uma forma liberal e que respeite a todos da mesma forma...assim mais tarde se essa criança decidir seguir certa opçao sexual (que de opçao na verdade nao tem nada, pois nao escolhemos esse tipo de coisa), ela terá total liberdade...acho que essa ambiguidade de papeis só fará a criança se sentir confusa quanto ao propria identidade neutral ....claro que é bom que os pais tenham uma mentalidade aberta quanto a sexualidade dos filhos, mas isso ja é demais eek
avatar
Nana em 02 de dezembro de 2010 às 14:50:21»
Acho que esse povo deveria parar com isso. Tentar mudar radicalmente as coisas... Se elas são como são é por algum motivo...

Se fosse assim o sexo seria definido com uns 8 anos e não na barriga...
avatar
Firelow em 02 de dezembro de 2010 às 14:43:50»
Não acho problema nenhum nisso, só acho desnecessário... fool
avatar
LukeSchimmel em 02 de dezembro de 2010 às 14:39:51»
Achei bizarro...
A criança que nasça com o sexo que ela é... depois ela que mude se quiser.
avatar
Moonwalker em 02 de dezembro de 2010 às 14:39:34»
Olha, mesmo não sendo preconceituoso, não apoio a ideia. O gênero sexual é um fator biológico; por mais que um indivíduo escolha uma opção sexual diferente, biologicamente falando ele sempre será homem ou mulher.
Eu me preocuparia em prover a um filho a escolha de outros fatores sociais, como escolher entre ser médico ou engenheiro, por exemplo.
avatar
Nana em 02 de dezembro de 2010 às 14:38:31»
cool Nana
Página 2 de 2 (79 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | | Última | Prox. »