Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Página 2 de 2 (71 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | | Última | Prox. »

avatar
xandy46 em 01 de agosto de 2013 às 22:48:28»
Demorô para parecer um religioso militante melindrado. A pessoa tem uma crença baseada na idade das trevas e quer dar lição de história. Fala em profundidade e está se afogando no poço raso da religião com boinhas nos braços. Isso é o que pode ser chamado de criancice.

Claro que as instituições religiosas têm mérito e parte em ALGUNS avanços, afinal são parte ativa da sociedade e por muito tempo mantiveram (e mantém) instituições de caridade, que são sustentadas pelas doação e pelo trabalho alheio. De doação em doação a igreja se tornou um império devido a fé de pessoas ignorantes. O velho truque de gozar com o pau dos outros. A religião tem muito mais demérito do que benefícios na evolução humana e se dependesse das suas leis a humanidade não teria alcançado ainda a revolução industrial.

Quem é que pode falar em credibilidade quando não tem como provar a existência de um ser que venera? Quando perguntam diz que a prova é a sua fé, o mesmo círculo vicioso do homem que criou deus que criou um bando de bobos que criaram deuses que criaram... simples assim.

Tenho nojo destes crentes chatos que se acham os donos da razão e que criticam nos outros aquilo que eles mesmo fazem. Intolerantes idiotas que vivem glorificando seu deus por qualquer coisa e que perdem a estribeira quando escutam um argumento inteligente e que demonstra o quanto são bobos.

Só concordo com uma frase auto referente: A idiotice e a estreiteza de pensamento, esses sim, são fortes candidatos ao título de "origem de todos os males".

Cresça criatura! ma ma ma
avatar
Politico Honesto em 01 de agosto de 2013 às 22:44:29»
Toki wo koete kinou no jaaku.
avatar
Luiz Felipe em 01 de agosto de 2013 às 22:42:01»
"O passador era um tempo de gente sebenta, piolhos, dor de dente, tirania, superstição, ignorância, pragas, crianças mortas e mães crianças mortas com eles"
Mas esse é o presente.
Franco em 01 de agosto de 2013 às 22:36:51»
A propósito: excelente postagem. Gostei mesmo.
Rogério em 01 de agosto de 2013 às 22:30:13»
falar q o passado era melhor e viver em uma casa confortável, com água quente, eletricidade, comida na geladeira e tv a cabo realmente é meio controverso. A humanidade melhorou sim, pois se tivesse piorado nenhum de nós estaria aqui agora... mas nosso avança tecnológico foi muito superior ao nosso avanço psicológico ou moral, digamos assim. Parece q o avanço extremamente rápido dos últimos séculos não deu o tempo necessário para nos acostumarmos com ele.... sempre ouço reclamarem q o tempo parece passar cada vez mais rápido, q antigamente era mais tranquilo. Mas eu realmente não trocaria a vida atual pela idade média por exemplo, nem a pau....já penso estar andando todo tranquilo e de repente uma chuva de bost* cair na sua cabeça....
avatar
cacafilho em 01 de agosto de 2013 às 21:48:34»
cara.. q beleza de post!!!
Franco em 01 de agosto de 2013 às 21:38:23»
Chega a ser engraçado como uns e outros sempre põem a culpa de quase todos os males do mundo no que eles chamam de "religião". Obviamente se referindo em segundo plano ao cristianismo.
Ora, ora, ora. Caros faladores, sem conhecimento desprovido de preconceitos, vcs não vão chegar nunca a ter firmeza em suas opiniões, muito menos credibilidade. Simples assim.
Se a superstição "religiosa" pode sim ser responsabilizada por muitas atrocidades, (que como o próprio texto diz, não eram exceção) , também deve ser atribuído ao cristianismo a origem de MUITOS dos progressos que hoje todos (céticos e crentes) desfrutamos.

Tentem entender que foi a igreja a primeira instituição a universalizar o ensino, a sistematizar cronologicamente os fatos com fim cultural..
Pesquisem gente, o Google esta aí para quem não gosta de profundidade ....
E os hospitais e escolas? Como foi que alguém se dispôs a dar educação e escola para pobres mulambentos e de graça ? O estado ? Há, há, há..
.Muito antes foram as freirinhas e os missionários que se embrenhavam nos recantos miseráveis, motivados pela caridade cristã, fundando escolas e Santas Casa de Misericórdia (por isso, até hoje muitos hospitais e até faculdades tem nomes cristãos).

Ou será que os neo-céticos acham que antes de dar lucro fazia fila de abnegados humanistas querendo ajudar pobre?
Então, parem de dizer, insinuar e cuspir que "a religião é a origem de todos os males".
A idiotice e a estreiteza de pensamento, esses sim, são fortes candidatos ao título de "origem de todos os males".
Deus me livre de ateu militante-mala. É pior que crente chato.
avatar
edubala em 01 de agosto de 2013 às 20:32:39»
Só achamos isso aterrorizante pq vivemos no mundo de hoje cercados de conforto e acomodações. Não sentimos falta do que não conhecemos. Talvez, eu disse talvez daqui a 500 anos falarão o mesmo de nós. Olha aquele povo morria aos 80 anos, precisava usar óculos, cadeiras de rodas e sequer voavam... Um indivíduo daquela época, era desdentado, tinha piolhos, fedia como uma fossa, mas sua amada também era assim e eles procriavam, senão não estaríamos aqui. Era como no mito da caverna com a diferença que só existia a realidade da caverna e não outra melhor.
Malinha em 01 de agosto de 2013 às 20:20:38»
Texto muito bom, o saudosismo e idolatria ao passado, é um poço de ignorância, muitas vezes traduzidas em tradições. Mas também para se delinear o futuro, tem que se basear no passado. É só ter a capacidade de entender o texto acima.
avatar
Angelina em 01 de agosto de 2013 às 19:43:40»
Eu já vi esse tema pelo MDig e NDig, mas não dessa forma, tão bem escrito. Muito bom texto! Divertido de se ler, e eu, cada vez mais, me lembro que Tristão e Isolda provavelmente devem ser príncipes e princesas fedidos.
Mas tudo bem, é melhor mesmo saber disso, cada um com sua época, com sua expectativa de vida e sua higiene. Cada um com o paraíso que espera.
Imagine, que louco, isso que vivemos, seria o paraíso para outros...O conhecimento humano é muito louco....
Diojenes em 01 de agosto de 2013 às 18:44:24»
Sempre fui da opinião que a humanidade nunca esteve melhor do que agora.
Edgar Rocha em 01 de agosto de 2013 às 18:40:53»
Caramba! Que belo texto, Admin! Meus parabéns! Foi de uma meticulosidade exemplar. As referências sobre a questão do saneamento são de uma síntese poderosa e irrefutável. Mas, (e como bom chato, não poderia eu deixar de ter um mas) a nostalgia, a saudade ou a comparação com contextos do passado ainda possuem alguma razão de ser. A História não é só feita de progresso, de avanços... Há sempre o risco do retrocesso, mesmo que localmente. Eu mesmo, tenho saudade da segurança e do senso comunitário que vivi em minha infância. Considero a violência e o individualismo hedonista atuais um retrocesso histórico escabroso, beirando ao Império Romano. Houve experiências em que as coisas foram muito melhores neste quesito, já no passado recente. Ter saudade disto é uma forma de perceber que a peteca está perto do chão, não é verdade? Sem a saudade e nostalgia, não há referências críticas em relação ao presente, ou você acha que muitas mazelas do passado as quais você se refere não estão retornando em detrimento das conquistas? Enfim, é só um adendo. Teu texto não deixa muita margem pra nenhuma crítica. Está excelente. É só pra não sermos muito monolíticos quanto aos conceitos. Mas, você está certo. A condição de vida em geral melhorou muitíssimo.
avatar
Haiduqque em 01 de agosto de 2013 às 18:34:01»
O analfabetismo e a ignorância, pais da superstição, e a falta de antibióticos, analgésicos e de eletricidade deram origem aos mais extravagantes delírios religiosos. Delírios e superstições que a humanidade herdou e ainda cultiva. É curioso que a maioria dos humanos atuais recusa-se a viver nas condições materiais descritas neste ótimo texto, mas persiste em sintonizar a sua vida espritual com as anacrónicas leis "divinas" definidas (inventadas) por brutos e incultos pastores da Idade do Bronze.
Nas últimas décadas a humanidade evoluiu de forma exponencial em todos os aspetos materiais. Espiritualmente mantém a indigência de sempre.
avatar
LukeSchimmel em 01 de agosto de 2013 às 18:33:24»
Diz que quer viver no passado mas não aguenta um acampamento sem internet...
Zelmiro em 01 de agosto de 2013 às 18:13:02»
caraca acabei de ler um livro muito bom. 10!
avatar
revolt4d4 em 01 de agosto de 2013 às 18:08:05»
Tem gente que já se projeta no futuro.
Leio o texto depois.
avatar
Elbereth em 01 de agosto de 2013 às 18:04:55»
Muito obrigada pelo texto!

Eu sempre considerei o saudosismo exacerbado uma forma de rabugisse. Não basta reclamar das coisas como estão, é impensável agir para melhorá-las, tem mesmo é que ficar romantizando algo impossível de ser alcançado, tanto por estar no passado quanto por, enfim, nunca ter existido.

Mas nunca tinha considerado a possibilidade de buscar juntar vários motivos em um texto só. Adorei!
Sérgio em 01 de agosto de 2013 às 17:59:03»
Fantástico admin... Lmpinho e direto.
avatar
Fabio em 01 de agosto de 2013 às 17:42:14»
acho interessante, mas o fato é que nao importa o passado ou o presente, desde que o mundo é mundo e humanidade é assim, teremos extremos e baixos, hoje em dia na africa milhares morrem de fome enquanto muitos chegam a disperdiçar comida, é algo que sempre houve e sempre havera...
Mauro Muller em 01 de agosto de 2013 às 17:40:40»
Parabéns! Muito elucidativo o texto.
avatar
Politico Honesto em 01 de agosto de 2013 às 17:09:28»
Interessante (post semelhante a um do NDig).
Página 2 de 2 (71 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | | Última | Prox. »