Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Audemar em 28 de novembro de 2017 às 13:49:36»
Vide Gênesis 4.
Decio Cupramim em 28 de novembro de 2017 às 12:48:42»
Legal, mas quero ver se a moda chegar no Brasil.
Gramaticamente é quase impossível pq faz parte da nossa língua atribuir "gêneros".
Um pneu não é macho ou fêmea, mas é "O" pneu, como é "A" pomada, "O" chaveiro ou "A" arma.
É tão complicado que gente de fora que vive aqui por 30 ou 40 anos não consegue entender isso. (vide os alemães por exemplo que dirigem "a carro" etc etc)
Deus, em portugês, é semanticamente masculino ainda que não seja homem ou mulher.
Vai dar confusão.