Faça o seu comentário

:

:







Comentários

admin1. em 12 de dezembro de 2017 às 11:36:00»
Estamos falando de um módulo lunar de longa permanência, Rael. Muito diferente das implicações exigidas pelo ML projetado pela Grumman nos anos 60. Só para que se tenha uma ideia, o desenvolvimento deste módulo começou em 1963 e em fevereiro de 69 ainda estavam fazendo ajustes duas semanas antes do lançamento da Apollo 9.

Desde a administrtação Obama, a Nasa anda de pires na mão e seus requisitos atuais são bem mais estritos e com muito menor orçamento. Por isso os tempos de desenvolvimento de uma nave podem ter triplicado com respeito aos anos 60. Uma missão circunlunar é um fato que pode ser feito em 2023, como quer a China, mas uma descida tripulada com esse orçamento é implausível.

Supostamente a NASA está em processo de receber propostas para o desenho do módulo lunar, e algumas das empresas envolvidas são a Blue Origin e Space X. Ao todo, esta brincadeira pode custar em torno de 30 bilhões de dólares. A SpaceX está avaliado em 21 bilhões, de forma que é mais fácil comprar a empresa.

http://spacenews.com/nasa-preparing-call-for-proposals-for-commercial-lunar-landers/
avatar
RAEL em 12 de dezembro de 2017 às 02:18:00»
Também não existe um desenho do módulo de descida definitivo, nem muito menos um programa para construir um. Ou seja, tudo deverá ser feito a partir do 0.
Há 45 anos tinha?