Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Dorian em 15 de maio de 2018 às 10:39:08»
Pratiquei o KOMBATO que acredito ser a mesma coisa do Krav Maga, não vi muita diferença, então voltei a treinar o Krav. Mas concordo com todos o texto acima. Não existe uma arte marcial ou defesa pessoal melhor que a outra e sim um praticante melhor, já para a rua fica difícil pois ninguém sabe como o indivíduo irá reagir contra vc. Existem casos de tirar arma de um indivíduo, mas hj aqui no Brasil acredito ser diferente e bem diferente.
avatar
headbanger em 15 de maio de 2018 às 09:44:25»
Pratiquei Kung Fu por 4 anos (não-consecutivos) e concordo com o Anderson.

Nesses vídeos são ensinadas algumas chaves ou alguns contra-ataques que são realmente úteis, mas sozinhos não servem para nada.

O Kung Fu é uma das artes marciais que mais tem técnicas diferentes, seja com armas ou sem, e tudo isso para que o indivíduo possa ter a ferramenta certa na situação certa.

Quando somos novatos idiotas queremos usar técnicas complexas em situações simples e acabamos nos colocando em posição vulnerável para tomar uma surra dos veteranos. Mas é necessário, para que memorizemos e não façamos novamente.

Cada chave, cada torção, cada quebramento, tudo tem um momento certo de ser "encaixado". É muito difícil induzir o outro a se movimentar do jeito que desejamos. O melhor é fazer o simples e eficiente, até que tenhamos uma brecha para um golpe decisivo.

E de acordo com o lema do Kung Fu: "eliminar o oponente com o mínimo de golpes possível", já dizia o meu mestre: Se entrar numa briga, entre para vencer. Ou seja, seja o mais brutal possível, para dar menos chance de defesa ao oponente.
Ernandes santos em 15 de maio de 2018 às 09:21:36»
Pratiquei krav maga por 8 meses e tambem tive contato com o kali.E posso assegurar que apurei meus instintos de defesa hoje ando na rua como quem anda na selva. Mas aumentei meu potencial de ataque quando passei a portar uma faca de combate principalmente a karambit.
Anderson Vieira Fernandes em 15 de maio de 2018 às 07:37:51»
Sou instrutor de Krav Maga e praticante de Kali Silat e o que o Dewey disse está extremamente correto. Inúmeros vídeos na internet tem pessoas se propondo a ensinar técnicas de defesa pessoal e tratam a defesa pessoal e toda arte marcial em si como uma ciência exata. NÃO É!! Neste universo da defesa pessoal não existe garantia de nada o que existe são probabilidades e a defesa pessoal depende um conjunto de fatores iniciais como evitar situações de risco é necessário ter um desenvolvimento pessoal para que o indivíduo evite o problema deve haver essa antecipação como por exemplo evitar aglomerações,escolher caminhos menos perigosos, pessoas com más atitudes se afastar, claro que tem horas que não tem jeito que somos surpreendidos e devemos nos defender mas na maioria dos casos não. O combate com o agressor é o último estágio da defesa pessoal.
Carlos Weber em 15 de maio de 2018 às 06:28:04»
É sempre bom ter alguma noção de defesa pessoal. Um treinamento constante ajuda no desenvolvimento. Claro que para cada situação existe uma resposta específica.
avatar
PadreTorque em 15 de maio de 2018 às 00:16:03»
Sempre achei muito idiota "técnicas de auto-defesa"...
Agora tem gente entendida que confirma isso...
:-/
Ziu em 14 de maio de 2018 às 21:53:09»
A menos que você possa portar uma Katana, não serve mesmo.