Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
PadreTorque em 14 de março de 2018 às 17:37:31»
Ahahahahahahh
Se fudeu !!!
Otário...!!!
adolfo em 13 de março de 2018 às 18:10:35»
Este tipo de gente faz o mundo um lugar de merda onde alguns poucos se creem melhores e fazem dinheiro a custa do povo. Porque não aumentam a oena dele em 60 vezes para aprender?
Walfrido em 12 de março de 2018 às 22:16:50»
Como diz o post este bosta não foi condenado por aumentar o preço senão por fraudar seus sócios. O sistema tolera enganar o consumidor, mas não tolera enganar os sócios, essa são as regras do jogo.

Com certeza deve ter abusos maiores entre as farmacêuticas e outras indústrias, como a alimentícia, que envenena todo mundo com açúcar ou gorduras hidrogenadas, sem esticar muito o assunto.

A própria indústria farmacêutica é fortemente questionada pelos remédios contra o colesterol, por exemplo, e tudo isto é intencional.

Talvez o erro do linguarudo foi falar demais, se vangloriar demais e rir da desgraça dos outros publicamente, do contrário estaria comprando patentes baratas e multiplicando por 100 para vender para os 'planos de seguro' para aplicar na melhoria de sua fortuna.
Edna Velho em 12 de março de 2018 às 21:16:42»
Assim anda o nosso mundo. Há quem defende o talzinho com alegações que ele mesmo publicou na mídia na época. O sujeito aumenta um medicamento em 60 vezes e tá tudo bem por que ele vai aplicar em desenvolvimento que a empresa nunca teve. Os planos de saúde também fabricam dinheiro a noite quando ninguém está vendo. Tá explicado. Eita gentinha mais ou menos.
Derp em 12 de março de 2018 às 20:40:37»
As vezes quando esse blog resolver ser parcial e tomar partido de algum lado da notícia, ele passa vergonha.
Martin Shkreli aumentou o preço de um medicamento obsoleto e que nenhuma pessoa física comprava (quem fazia a aquisição eram os planos de saúde), e o lucro das vendas desse remédio eram convertidos em P&D de drogas mais eficazes.
Destilar ódio contra ele por causa do tema do medicamento é ignorancia.